1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Goleada faz Bayern rever meta do tetracampeonato

Bayer Leverkusen e Borussia Dortmund mantêm liderança. Kaiserslautern reassume terceira colocação. Schalke finalmente recupera seu brilho e arrasa com Bayern. Vitórias esquentam briga contra rebaixamento.

default

O atacante Klose (dir.) pouco fez sábado, mas seu Kaiserslautern recuperou a terceira colocação

Bayer Leverkusen e Borussia Dortmund corresponderam à expectativa, garantiram seus três pontos e mantiveram a liderança do Campeonato Alemão. O Leverkusen derrotou o Hansa Rostock por 2 a 0 no sábado, e o Borussia deu de 3 a 1 no Hertha Berlim no domingo.

Já Schalke e Bayern de Munique fizeram uma partida de grandes surpresas. Os anfitriões finalmente voltaram a exibir o belo futebol que os levou, na temporada passada, à conquista da Copa Alemanha e ao vice-campeonato da Bundesliga. Novamente em forma, o belga Mpenza e o dinamarquês Ebbe Sand reviveram seus dias de glória, com ataques rápidos, de passes precisos e conclusões eficientes.

O renascimento do Schalke deixou o Bayern de Munique de joelhos. Apesar de ter seu elenco praticamente completo – com Effenberg, Scholl e Jeremies no meio-campo –, o campeão mundial esteve apático e absolutamente perdido no lotado estádio AufSchalke. A defesa cometeu erros primários, o meio-campo mostrou-se lento, pouco aplicado e sem criatividade, e os atacantes Élber e Santa Cruz isolados. "Jogamos como amadores", admite Élber.

Crise – Esta foi a sétima partida seguida sem vitória do Bayern no campeonato. Há 33 anos, o recordista de títulos alemães não sofria uma série assim. Os 5 a 1 tomados em Gelsenkirchen foram também a maior goleada desde 1994, quando o time bávaro perdeu por igual placar para o Freiburg.

O vexame forçou a diretoria do Bayern a enfim revisar suas metas. "Temos que terminar de qualquer jeito, no mínimo, em terceiro lugar", declarou Karl-Heinz Rummenigge, vice-presidente do clube, já dando sinal de algum desespero. Até antes da chulapada, os bávaros insistiam que seriam tetracampeões este ano, apesar de jamais na história da Bundesliga um time que passou o recesso de inverno na quinta colocação conseguir, ao fim da temporada, ainda sagrar-se campeão.

Corda no pescoço – Graça à derrota do Hertha para o Borussia, o Bayern continua no quinto lugar, última posição a garantir vaga na Copa da Uefa. É pouco para o campeão mundial, que precisa dos prêmios milionários da Liga dos Campeões para sustentar seu elenco de estrelas internacionais. Por isto Rummenigge exige a terceira colocação na Bundesliga. Os dois primeiros da Bundesliga participam automaticamente da elite do futebol europeu, e o terceiro também pode disputar a Liga dos Campeões, tendo de enfrentar uma fase eliminatória.

O momento não é dos melhores para dar a volta por cima. Na quarta-feira, o Bayern vai a Kaiserslautern pelas quartas-de-final da Copa Alemanha. Páreo duro. No domingo, recebe em Munique o líder da Bundesliga, Bayer Leverkusen. Um novo tropeço e o caminho estará aberto para escorregar na tabela, pois o Schalke e o Hertha Berlim, ambos apenas dois pontos atrás, pegam igualmente em casa adversários de menor quilate.

Na rabeira – Se o Bayern não conseguiu interromper sua seqüência de insucessos, outras três séries tiveram fim na rodada de reinício do campeonato. Duas delas simultaneamente, em Cottbus. Há 14 jogos sem vencer, o Energie derrotou por 2 a 1 o Werder Bremen, que estava invicto há oito rodadas. O resultado fez o time do Leste escapar da zona de rebaixamento, dando seu lugar ao Colônia, cujo treinador Ewald Lienen foi afastado nesta segunda-feira. O resultado custou ao Werder a terceira colocação, reassumida pelo Kaiserslautern, que venceu o Borussia Mönchengladbach por 2 a 0.

Já o St. Pauli não ganhava há oito jogos e, com garra, arrancou do Wolfsburg (3x1) sua segunda vitória na temporada, recandidatando-se para continuar na primeira divisão.

Campeonato Alemão 2001/2002 (Bundesliga)

19ª Rodada

Sábado, 26 de janeiro

  • Bayer Leverkusen 2 x 0 Hansa Rostock
  • Borussia Mönchengladbach 0 x 2 Kaiserslautern
  • Schalke 5 x 1 Bayern de Munique
  • 1860 Munique 3 x 0 Colônia
  • Stuttgart 3 x 0 Hamburgo
  • Freiburg 2 x 0 Nürnberg
  • St. Pauli 3 x 1 Wolfsburg

    Domingo, 27 de janeiro

    • Borussia Dortmund 3 x 1 Hertha Berlim
    • Energie Cottbus 2 x 1 Werder Bremen

      Classificação após 19ª Rodada (total: 34 rodadas)

      1. Bayer Leverkusen – 42 pontos
      2. Borussia Dortmund – 42 pontos
      3. Werder Bremen – 36 pontos
      4. FC Kaiserslautern – 38 pontos
      5. Bayern de Munique – 34 pontos
      6. FC Schalke 04 – 32 pontos
      7. Hertha Berlim SC – 32 pontos
      8. 1860 Munique – 30 pontos
      9. VfB Stuttgart – 28 pontos
      10. VfL Wolfsburg – 25 pontos
      11. SC Freiburg – 21 pontos
      12. Hamburgo SV – 20 pontos
      13. Hansa Rostock – 19 pontos
      14. Borussia Mönchengladbach – 17 pontos
      15. Energie Cottbus – 17 pontos
      16. FC Colônia – 14 pontos
      17. Nürnberg – 13 pontos
      18. St. Pauli – 12 pontos

        OBS 1: Para a temporada seguinte, o campeão e o vice classificam-se para a Liga dos Campeões da Europa. Do terceiro ao quinto, os clubes têm assegurada a participação na Copa da Uefa, mas o terceiro disputará vaga extra na Liga dos Campeões. Os três últimos são rebaixados para a segunda divisão.

        OBS 2: Os critérios básicos para desempate entre times com mesmo número de pontos são: a) saldo de gols, b) gols marcados.

        20ª Rodada

        Sábado, 2 de fevereiro

        • Wolfsburg x Borussia Dortmund
        • Colônia x Kaiserslautern
        • Werder Bremen x Stuttgart
        • Schalke x Borussia Mönchengladbach
        • Hertha Berlim x Freiburg
        • Hamburgo x 1860 Munique
        • Nürnberg x Energie Cottbus

          Domingo, 3 de fevereiro

          • Bayern de Munique x Bayer Leverkusen
          • Hansa Rostock x St. Pauli

Leia mais

Links externos