1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Gol da Suécia no final elimina o Paraguai da Copa

Escandinavos demoram, mas marcam pela primeira vez no Mundial e eliminam sul-americanos. Suécia agora decide com a Inglaterra a classificação e a primeira posição do grupo B.

default

Ljungberg 'desencanta' e faz suecos darem passo largo rumo às oitavas

Não foi como a torcida, que lotou o estádio Olímpico de Berlim e pintou as arquibancadas de amarelo, esperava. Mas com um gol aos 43 minutos do segundo tempo, a Suécia venceu o Paraguai nesta quinta-feira e ganhou sobrevida na Copa do Mundo.

Os sul-americanos deixam o torneio sem ainda marcar um gol. Perderam também por 1 a 0 para a Inglaterra, na estréia, e agora enfrentam Trinidad e Tobago, no dia 20, para cumprir tabela (os caribenhos, com um ponto, ainda têm chances).

Os suecos, virtualmente classificados, desafiam os ingleses, que já estão na segunda fase, no mesmo dia e podem até perder. Mas uma vitória deixa a equipe escandinava na primeira posição do grupo B, com a chance de enfrentar o segundo da chave A nas oitavas-de-final.

A partida em Berlim começou em alta velocidade. A Suécia, assim como em seu jogo de abertura contra Trinidad e Tobago, surpreendeu com um ritmo extremamente veloz, habilidade e criatividade para construir jogadas ofensivas.

Mas pecava, sempre, no momento da finalização. Nem mesmo o craque Ibrahimovic teve sucesso. Somente Ljungberb, aos 43 minutos do segundo tempo, conseguiu abrir o placar ao emendar de cabeça um lance construído pelo reserva Allbäck.

Pouco antes, o mesmo Allbäck, substituto de Ibrahimovic, encobriu o goleiro paraguaio Bobadilla, mas viu Caniza, na linha do gol, afastar a bola. Aos 34 minutos, ele recebeu passe de Larsson e, dentro da pequena área, tentou emendar de costas para o gol e Bobadilla defendeu.

SUÉCIA 1 x 0 PARAGUAI

Suécia

Isaksson; Alexsandersson, Mellberg, Lucic e Edman; Linderoth, Wilhelmsson (Jonson), Källström (Elmander) e Ljungberg; Larsson e Ibrahimovic (Allbäck)

Técnico: Lars Lagerbäck

Paraguai

Bobadilla; Caniza, Gamarra, Cáceres e Nuñez; Bonet (Barreto), Acuña, Paredes e Riveros (Dos Santos); Valdez e Roque Santa Cruz (Dante)

Técnico: Aníbal Ruiz

Data: 15/6/2006 (Quinta-feira)

Local: Estádio Olímpico de Berlim

Árbitro: Lubos Michel (Eslováquia)

Auxiliares: Roman Slysko (Eslováquia) e Martin Balko (Eslováquia)

Cartões amarelos: Linderoth, Lucic (S); Caniza, Acuña, Paredes, Barreto (P) Gol: Ljungberg, aos 43min do segundo tempo

Leia mais