1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Global Media Forum 2012 discute relação entre mídia e educação

O futuro precisa de educação. Este é o tema do Global Media Forum deste ano, promovido pela Deutsche Welle. No evento, convidados de 100 países discutirão o papel da educação, cultura e mídia para o futuro global.

"A educação é um dos temas centrais para a gestão da globalização", ressalta o diretor da Deutsche Welle, Erik Bettermann. Como o ideal "educação para todos" pode ser atingido é uma das questões-chave a serem debatidas por especialistas da mídia, economia e política no Global Media Forum 2012. O evento na cidade alemã de Bonn terá duração de três dias, a partir desta segunda-feira (25/06).

A temática educação combina com a Deutsche Welle, pois "informação e educação consistem o núcleo das atividades da emissora internacional da Alemanha", afirma a redatora-chefe da DW, Ute Schaeffer.

Mídia em prol da educação

A Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) contabiliza que haja cerca de 800 milhões de analfabetos no mundo. Ao mesmo tempo, o mundo parece ser uma sociedade global da informação, "que nos fornece conhecimento a todo instante e em qualquer lugar ao apertarmos um botão", diz Bettermann. Exatamente por esse motivo, a mídia mundial tem uma grande responsabilidade. "Ela exerce uma função decisiva como instrumento de esclarecimento", considera o diretor da DW.

Em todas as diferentes condições de vida no mundo globalizado, educação, cultura e formação para todos são uma peça-chave para uma convivência pacífica, para o desenvolvimento e para o diálogo intercultural.

"Liberdade de imprensa, educação de qualidade e diversidade cultural são elementos centrais para uma sociedade civil forte e livre", afirma Roland Bernecker, secretário-geral da comissão alemã na Unesco, que assumiu o patrocínio do congresso em Bonn deste ano.

Diálogo e globalização

Westerwelle falará sobre parceria e diálogo no mundo globalizado

Westerwelle falará sobre parceria e diálogo no mundo globalizado

Entre os convidados ilustres do Global Media Forum, está o ministro alemão do Exterior, Guido Westerwelle. Ele falará sobre o papel da parceria e do diálogo no mundo globalizado.

Também é esperada a presença do ex-presidente da Indonésia Jusuf Habibie. Thomas Pogge, professor de filosofia política e assuntos internacionais na Universidade de Yale, nos EUA, e Franz Josef Radermacher, professor de informática da Universidade de Ulm, na Alemanha, e membro do Clube de Roma, irão expor posições atuais sobre a ciência no mundo.

Mais de 50 eventos individuais, preparados por especialistas de diferentes organizações nacionais e internacionais e empresas, oferecem um amplo espectro para a formação de opinião.

A Unesco identifica a diversidade cultural como força motriz para a sustentabilidade no mundo árabe. O Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico (DAAD, na sigla em alemão) discute se as universidades podem ser agentes de transformação. Formação em direitos humanos e autodeterminação sexual são os temas do Instituto Alemão de Direitos Humanos (DIMR). A Agência Alemã de Cooperação Internacional (GIZ) e o Instituto Alemão de Política de Desenvolvimento (DIE) destacam o diálogo intercultural sobre o desafio da "governança global".

"Não somos nem uma conferência de mídia, nem uma conferência política ou científica", define Ralf Nolting, chefe da organização do Global Media Forum. "Reunimos as pessoas à mesa e as deixamos refletir sobre soluções para problemas globais." Comum a todos é a convicção de que a mídia desempenha um papel decisivo na conscientização de problemas e na comunicação de soluções. Assim, segundo Nolting, a quinta edição do Global Media Forum será um sucesso.

Autora: Ulrike Mast-Kirschning (lpf)
Revisão: Augusto Valente

Leia mais