1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Genebra, a sede da ONU na Europa

Embora a maior parte das decisões das Nações Unidas ocorra em Nova York, cinco das agências especializadas da entidade estão na Suíça, o "quartel-general" europeu para questões de desenvolvimento e ajuda humanitária.

default

Central da OMC em Genebra

Direitos humanos, promoção da paz e ajuda para o desenvolvimento são três das principais missões da ONU. Aos 60 anos, a organização vive um momento de impasse: recuperar os riscos em sua imagem após a guerra do Iraque ter ocorrido sem a permissão do Conselho de Segurança e reorganizar sua estrutura, formada por agências, programas e conferências que muitas vezes concorrem pelo mesmo trabalho.

Apesar de ser uma entidade voltada para o desenvolvimento e o combate à pobreza, a verdade é que a ONU é basicamente uma organização de países ricos. Prova disso é que seu "quartel-general" está localizado em Nova York, com Genebra em segundo lugar em importância, com cinco agências especializadas e outros 12 órgãos ligados à entidade.

Além dos EUA e da Suíça, a Itália também abriga uma agência importante – a FAO, a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação. Para o Hemisfério Sul, sobrou apenas o Programa de Meio Ambiente, cuja sede é em Nairóbi, no Quênia.

Importância estratégica

Segunda colocada no escalão da ONU, a sede de Genebra – chamada Palais des Nations – impõe-se no cenário da cidade. Construído nos anos 20 e 30, o prédio principal abrigava a antiga Liga das Nações, formada – sem sucesso – para evitar a Segunda Guerra Mundial. Após o fim do conflito, por motivos econômicos, a sede foi reaproveitada pela ONU, ganhou uma ala nova e hoje tem importância estratégica no funcionamento da instituição.

Desastres humanitários como o tsunami, no Sul da Ásia, acabam por acionar tanto os escritórios suíços quanto os norte-americanos. No caso do tsunami, Genebra, por causa da menor distância e também por causa da reduzida diferença de fuso horário, acabou por ter um papel central na organização da ajuda humanitária para a região.

Mais de 8 mil pessoas trabalham nos escritórios da ONU em Genebra. As salas de reuniões do Palais des Nations abrigaram conferências históricas, como a assembléia em que foram comemorados os jubileus da Declaração dos Direitos Humanos e da Organização Mundial da Saúde (OMS). Para manter a estrutura de Genebra em funcionamento, a sede européia da ONU tem um orçamento anual de aproximadamente 850 milhões de dólares.

Entre os órgãos da ONU em Genebra estão a Organização Internacional do Trabalho (OIT), a Organização Mundial da Saúde (OMS), além de programas, conferências e institutos relacionados à migração e refugiados, telecomunicações, direitos humanos, comércio exterior, desarmamento e desenvolvimento.