1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Ciência e Saúde

Gastroplastia reduz riscos da gravidez, diz estudo

Pesquisadores suecos afirmam que gestantes obesas que passaram por cirurgia de redução de estômago dão à luz bebês mais saudáveis. Obesidade gera riscos maiores de diabetes, nascimentos prematuros e natimortos.

A gastroplastia pode diminuir alguns dos riscos da gravidez associados à obesidade, segundo um estudo sueco publicado no periódico científico The New England Journal of Medicine. Segundo os pesquisadores, mulheres obesas que foram submetidas à cirurgia de redução de estômago deram à luz bebês mais saudáveis em comparação com as que não foram operadas.

No entanto, o estudo também encontrou alguns riscos para as mulheres que passaram pelo procedimento operatório, incluindo o nascimento de bebês abaixo do peso e do tamanho adequado e uma maior probabilidade de natimortos. Porém, os pesquisadores afirmaram que, de forma geral, os resultados foram favoráveis às mulheres que tiveram o estômago reduzido.

Mulheres obesas possuem mais contratempos na gravidez, incluindo o desenvolvimento de diabetes e geração de natimortos. Seus bebês são, além disso, mais propensos a nascer prematuros e desenvolver obesidade infantil.

O estudo procurou descobrir se a cirurgia bariátrica poderia atenuar, com segurança, alguns desses efeitos. Os pesquisadores, liderados pela nutricionista Kari Johansson, do instituto sueco Karolinska, avaliaram os registros de 2.832 mulheres obesas que deram à luz entre 2006 e 2011.

Porém, o novo estudo tem limitações, pois as participantes suecas não eram etnicamente diversificadas, e praticamente todas as operações envolveram a inserção de balões intragástricos. O procedimento é mais invasivo do que implantar uma banda gástrica ajustável, um dispositivo inflável de silicone em forma de anel.

Além disso, o estudo não foi um ensaio clínico randomizado, que é o mais alto padrão de pesquisa científica, porém difícil de ser executado quando gravidez e cirurgias estão relacionadas.

Leia mais