1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Garota seqüestrada há oito anos reaparece na Áustria

Natascha Kampusch, austríaca seqüestrada quando estava a caminho da escola, há mais de oito anos, conseguiu fugir do seu raptor e reapareceu em casa.

default

Chefe das investigações apresenta uma foto do seqüestrador

Natascha Kampusch, austríaca seqüestrada quando estava a caminho da escola, há mais de oito anos, reapareceu em Viena na quarta-feira (23/08). A garota já foi identificada pelos familiares, mesmo assim esperam-se ainda os resultados dos testes conclusivos de DNA.

Segundo uma testemunha do seqüestro, a menina, então com dez anos de idade, foi arrastada para dentro de um carro por um desconhecido. A garota, cujo desaparecimento foi muito comentado na imprensa austríaca ao longo dos últimos oito anos, permaneceu num cativeiro debaixo de uma garagem. Ela podia ler e assistir televisão.

Nas suas primeiras declarações, a jovem revelou que nem sempre esteve presa. Nos últimos anos, o seqüestrador permitiu de vez em quando que ela fosse com ele ao supermercado. Mas impedia sua fuga com ameaças físicas.

Ao dar-se conta de que a garota havia fugido, na noite passada, o seqüestrador, Wolfgang Priklopil, um eletrotécnico de 44 anos, jogou-se diante de um trem e morreu esmagado. O caso era um dos maiores mistérios do país, que tem baixos índices de criminalidade.

Durante vários anos, a polícia austríaca tentou encontrar a jovem, inspecionando mais de 700 caminhonetes em todo o país em busca de pistas. Durante muito tempo, o caso foi associado a uma possível rede de pedofilia. Mergulhadores procuraram o corpo em lagos próximos a Viena, investigadores examinaram sua trilha e até helicópteros com câmeras especiais foram utilizados.

Links relacionados:

Leia mais