1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Garantida, mas não suficiente

Segundo o governo Blair, não há uma crise da previdência na Grã-Bretanha. O que não significa para os ingleses a garantia de um velhice financeiramente tranqüila.

default

Aposentadoria garantida para todos os britânicos

O sistema de previdência da Grã-Bretanha é estruturado de forma diversa dos demais países da União Européia. Seus cidadãos também contribuem com 11% do vencimento bruto para a previdência social, conquistando assim o direito à aposentadoria. Contudo, esta é financiada exclusivamente com o dinheiro dos impostos e não através de um "pote" de verbas específico.

A aposentadoria estatal é bastante modesta, cerca de 100 euros por semana. Quem não dispõe de qualquer outra fonte de renda, beneficia-se do salário mínimo garantido por lei, recebendo mais 50 euros semanais. O que continua não bastando para subsistir segundo os padrões ingleses.

Depois que o governo Tony Blair reconheceu esse fato, o ministro do Trabalho e Previdência Social, Alistair Darling, propôs a stakeholder pension, um fundo de aposentadoria suplementar, administrado pelos empregadores ou por seguradoras particulares.

A má fama do seguro privado

A stakeholder pension dirige-se àqueles 25% dos ingleses sem direito a um plano de aposentadoria da empresa ou privado. Contudo poucos fizeram uso dessa possibilidade, até o momento. Segundo o especialista do setor, Ned Gazalet, falta a confiança necessária, pois a crise dos planos de aposentadoria particulares assustou o ingleses.

O grosso das contribuições para a aposentadoria suplementar privada era investida em ações. Tudo ia bem, até que as cotações do mercado de valores começaram a cair, uma situação que perdurou durante três, quatro anos. E, quando as ações chegaram ao fundo do poço, os segurados começaram a receber notícias alarmantes de seus planos de aposentadoria.

Quem contava poder aposentar-se aos 55 anos de idade teve que se confrontar, de súbito, com a desvalorização de 15% a 20% de seu fundo de aposentadoria. A situação era ainda mais triste para os 75% dos britânicos que apostaram todo o seu futuro nas aposentadorias adicionais de seguradoras privadas: aqui a desvalorização foi, em média, de 55%.

Nesse caso, é um fraco consolo saber que a aposentadoria estatal é garantida. Desde que passaram por essa experiência negativa, mesmo os cidadãos britânicos cujo planejamento financeiro não foi totalmente esfacelado desconfiam seriamente da previdência privada.

Leia mais