1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Gabriel Medina é primeiro brasileiro campeão mundial de surfe

Derrota de concorrente dá o título para o paulista e sela posição do Brasil entre os melhores do surfe. Conquista coincide com os 80 anos da prática do esporte no país.

O paulista Gabriel Medina, de 20 anos, tornou-se nesta sexta-feira (19/12) o primeiro brasileiro a conquistar o título de campeão mundial de surfe profissional. Após vencer o havaiano Dustin Payne e avançar para as quartas de final da décima-primeira e última etapa do circuito, disputada nas ondas de Pipeline, no Havaí, Medina viu seu conterrâneo Alejo Muniz vencer o australiano Mick Fanning, segundo colocado no ranking, o que lhe garantiu o título da temporada.

A conquista de Medina coincide com os 80 anos da prática do surfe no país, quando o primeiro brasileiro se equilibrou sobre uma pesada prancha de madeira e deslizou sobre uma onda na praia de Santos (SP), em 1934. Desde que o esporte das ondas se profissionalizou, no final da década de 1970, vários brasileiros conquistaram títulos mundiais em divisões inferiores. O melhor resultado alcançado por um brasileiro no ranking final da categoria mais disputada era o terceiro lugar do cabofriense Victor Ribas, em 1999. Com a conquista de Medina, o Brasil garante em definitivo um lugar entre as grandes nações do surfe mundial.

Medina não só é o primeiro brasileiro a conquistar o campeonato da principal categoria do surfe mundial, como também é o primeiro latino-americano a se sagrar o melhor do mundo desde 1976, quando foi criado um circuito mundial com várias etapas, nos moldes do atual. Antes disso, apenas o peruano Felipe Pomar exibia o título de campeão do mundo, obtido em 1965, com a vitória no primeiro campeonato mundial oficial da história, ocorrido em uma única etapa. A partir daí, o esporte foi dominado por norte-americanos, australianos e havaianos (apesar de o Havaí ser um estado norte-americano, seus surfistas competem como se fossem uma nação independente).

Por pouco Medina não tirou do fenômeno Kelly Slater o título de mais jovem surfista a vencer o circuito mundial. Quando conquistou o seu primeiro título, em dezembro de 1992, Slater estava prestes a completar 20 anos e dez meses. Já Medina completará 21 anos na próxima segunda-feira. Slater, que está com 42 anos, é também o mais velho surfista a se sagrar campeão de um esporte que, além de força física, exige flexibilidade, resistência e equilíbrio.

AS/abr