1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Gabinete aprova programa de estabilidade fiscal

O governo alemão mantém a meta de acabar com o déficit orçamentário até 2004, mas não exclui que o objetivo seja atingido apenas em 2006.

O programa de estabilidade do ministro das Finanças, aprovado nesta quarta-feira em Berlim, prevê que a economia alemã deverá crescer 1,25% em 2002, e deve manter em 2% o déficit orçamentário. Os parceiros da Zona do Euro haviam estipulado um teto de 3%, para garantir a estabilidade da nova moeda. No ano corrente, o déficit público alemão deverá ficar em 2,5% do Produto Interno Bruto (PIB).

O ministro alemão das Finanças acredita num impulso da conjuntura apenas em meados do próximo ano. Hans Eichel, do Partido Social Democrático (SPD), salientou, porém que, se a conjuntura não permitir um orçamento equilibrado em 2004, este objetivo ficará para dois anos mais tarde, já que em 2005 não será possível devido à segunda etapa da reforma fiscal.

Eichel acrescentou que suas expectativas de crescimento são apoiadas na baixa do preço do petróleo, na redução dos índices inflacionários, na diminuição dos juros e a conseqüente redução dos custos financeiros.

Links externos

  • Data 05.12.2001
  • Autoria (rw)
  • Imprimir Imprimir a página
  • Link permanente http://p.dw.com/p/1SRH
  • Data 05.12.2001
  • Autoria (rw)
  • Imprimir Imprimir a página
  • Link permanente http://p.dw.com/p/1SRH