1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Futurando!

Futurando completa dois anos no ar!

Nesta edição de aniversário, nós dedicamos o programa todo ao tema da água. Discutimos a crise histórica em São Paulo, o desafio do trabalho dos hidrólogos, e visitamos a Etiópia e Bangladesh.

Nesta semana, o Futurando completa dois anos no ar! A equipe toda do programa agradece a sua companhia nesta jornada pelo mundo da ciência, tecnologia, meio ambiente e sustentabilidade. Nestes dois anos, tivemos o privilégio de produzir vários programas especiais, como as edições sobre a Copa do Mundo, o cotidiano de jovens brasileiros que estudam na Alemanha, ou o sucesso de cientistas também brasileiros que fazem pesquisa de ponta em instituições alemãs.

Também passamos pelo Túnel da Ciência, em São Paulo, entrevistamos um ganhador de Prêmio Nobel, levamos você aos bastidores dos preparativos de uma missão espacial – com direito a uma conversa com o astronauta Alexander Gerst. Há um ano, comemorávamos o nosso primeiro aniversário com uma edição sobre mobilidade, feito naquele momento em que o Brasil via cidadãos indo para ruas pedir condições melhores nas cidades.

Completamos dois anos com outro programa especial, desta vez dedicado à temática da água. O Nordeste brasileiro é marcado por secas prolongadas há décadas. E, agora, a crise do abastecimento vivida no estado de São Paulo embalou a discussão em todo o país: estamos cuidando bem desse recurso tão precioso? O Sistema Cantareira é um dos maiores produtores de água em todo o mundo, e ele está secando. Será que a falta de chuva é a única culpada por essa situação?

Você vai conhecer pessoas engajadas nesta discussão, como Caio Ferraz, cineasta que está produzindo uma série de documentários sobre a crise da água em São Paulo. Também mostramos o trabalho da hidróloga alemã Alexandra Nauditt: ela coordena várias pesquisas na América Latina e na Ásia. No Chile, quase toda a agricultura depende da água que desce das cordilheiras, e o nível de chuvas na região está abaixo do normal desde 2007. Nauditt tenta descobrir o que está acontecendo com o ciclo da água na região. A chave para o problema, diz a pesquisadora, é o gerenciamento eficiente do recurso.

Nós visitamos a região do lago Tana, o maior da Etiópia, na África. Além de uma importante fonte de água para os moradores do local, o lago significa também fonte de renda. Você vai conhecer o trabalho de pessoas dedicadas que tentam conservar o local como ele está.

O programa acaba em Bangladesh, na Ásia, país que sempre ocupa as manchetes mundiais devido às fortes enchentes. Mas os rios não são mais os mesmos. A temporada de seca está cada vez mais extrema, o que afeta a população numerosa. Conhecemos um projeto que tenta aumentar a calha do rio Boral, de 223 quilômetros de extensão, e conservar a vida selvagem. As imagens são impressionantes.

A gente conta com você nesta edição de aniversário do Futurando!

Assistir ao vídeo 00:38

Chamada Futurando 105

O Programa

Futurando é o programa que traz as novidades de ciência, meio ambiente e tecnologia, produzido todas as semanas pela redação brasileira da Deutsche Welle, em Bonn, na Alemanha. O programa é exibido no Brasil pelo Futura todas as quintas-feiras, às 20h30, com reprise aos domingos às 13h30; pela Rede Minas aos sábados, às 13h, com reprise às terças-feiras, às 18h30; pela TV Brasil, todos os domingos, às 16h30 e pela TV Câmara Tupã todos os sábados às 18h, com reprise às terças-feiras, às 19h40. O Futurando é transmitido também em Moçambique pela Rede Tim, aos sábados, às 14h30.

Áudios e vídeos relacionados