1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Futebol

Futebol alemão desce do pedestal na Liga dos Campeões

Dois anos após uma final puramente germânica no mais importante torneio de clubes do mundo, Bundesliga tem três times eliminados, levando apenas o Bayern às quartas de final. Espanhóis voltam a mostrar superioridade.

default

Derrota para Juventus eliminou o atual vice-campeão alemão, Borussia Dortmund, da Liga dos Campeões

Faz apenas dois anos que a Bundesliga celebrou com grande pompa, no estádio de Wembley, a cerimônia de confirmação de que seus clubes de futebol tinham alcançado o topo do futebol internacional. A final da Liga dos Campeões de 2013, entre Bayern de Munique e Dortmund, sugeria que a Alemanha se tornaria protagonista do futebol europeu nos anos seguintes.

No entanto, a Bundesliga não chegou ao topo para ficar. O fim das oitavas de final da Liga dos Campeões deste ano indica que os clubes alemães, com exceção do Bayern, ainda têm um longo caminho a percorrer para alcançar o objetivo de serem considerados aspirantes frequentes ao título do principal campeonato de clubes do mundo.

A eliminação de três das quatro equipes alemãs que estavam na competição acabou sendo um reflexo da vantagem da espanhola Primera División frente à Bundesliga, a primeira divisão do futebol alemão. Enquanto isso, outros grandes torneios na Europa conseguiram encurtar a vantagem que havia crescido nos últimos anos em favor dos alemães.

Recuperação italiana

A Serie A italiana conseguiu nesta temporada se redimir do fracasso da passada, quando não classificou um representante sequer para as quartas de final. A clara vitória da Juventus sobre o Borussia Dortmund, vice-campeão da Bundesliga, foi o equivalente a um golpe de misericórdia no time do técnico Jürgen Klopp, agora mergulhado no cenário internacional na mesma crise que enfrenta atualmente no torneio alemão.

Os italianos deram o empurrão final no Borussia. Agora caído tanto dentro como fora da Alemanha, o clube terá que entrar num processo de renovação, que irá mantê-lo longe da Liga dos Campeões por algum tempo. Tanto a italiana Serie A, com a Juventus carregando sua bandeira, como a portuguesa Primeira Liga, com o Porto, estão no mesmo nível da Bundesliga – cada uma das três com uma equipe nas quartas de final da Liga dos Campeões.

Neste ano, os franceses estão se saindo ainda melhor que os alemães. Classificaram-se para a próxima rodada o Paris Saint-Germain e o Mônaco, clubes que eliminaram o Chelsea e o Arsenal, da Premiere League. Os ingleses que, pelo segundo ano consecutivo saem precocemente da luta pelo título da Liga dos Campeões, podem perder, no fim da temporada, também o segundo lugar que ocupam na classificação quinquenal da UEFA, que passaria às mãos dos alemães.

Fußball Champions League Bayern München vs Schachtjor Donezk

Bayern de Munique é o único representante alemão nas quartas de final do principal torneio de clubes europeu

Superioridade da Espanha

As competições europeias voltaram a demonstrar a superioridade do futebol espanhol sobre o alemão. Os atuais campeão e vice-campeão da Liga dos Campeões – Real Madrid e Atlético de Madrid, respectivamente – estão novamente entre os candidatos ao título, assim como o Barcelona, que eliminou o campeão inglês, Manchester City.

A Primera División, como já é quase de praxe, tem três equipes nas quartas de final da Liga dos Campeões, algo que a Alemanha não conseguiu no passado recente. Os espanhóis não só superaram clubes da Bundesliga na principal competição europeia, mas nesta temporada também foram um grande obstáculo na Liga Europa, em que o Gladbach foi despachado pelo Sevilla, que impôs duas derrotas aos alemães. No torneio, o futebol germânico tem agora apenas o Wolfsburg como representante.

Leia mais