1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Sua Opinião

FURACÃO KYRILL

Nossos usuários comentaram esta semana o furação Kyrill, política ambiental e internacional, literatura, criminalidade, industria automobilística e sistema carcerário na Alemanha. Confira aqui!

default

É hora de desenvolvermos uma nova consciência sobre nossa existência na Terra. Não há, nem nunca houve, segurança absoluta e, com as atuais mudanças no clima mundial, temos que aprender uma nova moralidade e, principalmente, é hora de desenvolvermos uma consciência das contingências da vida. Somos apenas mais uma espécie e o planeta não parece muito satisfeito com a nossa conduta.
Eduardo Monteiro Martins

O aquecimento global não é mais uma suposição teórica. Estamos sentindo literalmente na pele as conseqüências do mesmo. Resta saber quando os políticos responsáveis pelo meio ambiente tomarão as providências necessárias para pelo menos retardar um pouco as catástrofes que ainda estão por vir.
Tereza Sales

O ser humano, que por sinal não tem nada de humano, é muito primitivo para habitar este planeta.
Nereide Tomassini

Este foi apenas o primeiro de uma série que está por vir. O problema é: vamos continuar com esta política de meio ambiente que não toma decisões sérias, facilitando a vida da indústria automobilística (entre outras), ou vamos pressionar os políticos responsáveis para que enfrentem os grandes poluidores ambientais? Com a natureza não se brinca, e as conseqüências estão aí para quem quer ver.
Sebastião Almeida

BIODIESEL BRASILEIRO
Fiquei feliz em tomar conhecimento da ação do governo alemão junto aos brasileiros nordestinos, na elaboração de iniciativas que visem a inclusão social de pessoas tão pouco aquinhoadas como os nativos da minha região. Na tentativa de vislumbrar um futuro melhor, esse povo que ainda tem por característica a pureza da honestidade, necessita de um maior suporte técnico para que possa entender melhor a opção de não trabalhar em vão. A sina da eterna sobrevivência a períodos de grandes secas, o desinteresse de governantes em realizar grandes investimentos traduz uma esperança ímpar na ajuda técnico-científica alemã na viabilização de sua alavancagem no pretenso projeto.
Além do mais, as grandes extensões de áreas favoráveis ao cultivo de tantas espécies vegetais no Brasil, a necessidade de a população mundial refletir sobre as modificações ambientais pelas quais já estamos passando, escolher um pretenso componente que auxilie na substituição do combustível fóssil é algo a ser observado com maior seriedade neste exato momento. Acredito que estamos dando um grande passo, que não só beneficiará o Brasil, o Nordeste brasileiro, a Alemanha, mas o mundo como um todo.
Ann Mary Pinheiro Aby Faraj

O INCÊNDIO DE JÖRG FRIEDRICH

Acabei de ler o livro de Jörg Friedrich O Incêndio. Absolutamente pavoroso. Um dos livros mais difíceis lidos por mim. Ele é tão insuportável que muitas e muitas vezes eu parava a leitura e ficava dias sem tocá-lo. Jörg soube cruzar a tragédia humana com a eclipse cultural alemã de uma maneira tão profissional e seca que por vezes simplesmente me parecia a descrição do inferno. Sou professora de História e procuro ler, de preferência, obras com qualidade, é claro.
Renate Elisabeth Schmidt Aguiar


CENTRO EUROPEU DE TRADUTORES

Sim, o Brasil precisa de um centro de tradutores como o de Straelen. Só quem precisa ou quer alcançar a outra margem do rio entende o valor de uma ponte. O tradutor estabelece ligação entre culturas diversas. Aponta caminhos para o entendimento e para a tolerância entre os povos. Traduzir é mais do que passar palavras de um idioma para outro. Quem realmente traduz sabe mergulhar sob a superfície... consegue transformar a ganga em ouro e pode dar efetiva contribuição à paz.
Beatriz Fuentes

CRIMINALIDADE E REDISTRIBUIÇÃO DE RENDA

É óbvio que a redistribuição de renda contribui decisivamente para a diminuição da violência, mas não investir no crescimento econômico, porque se está investindo em programas sociais, não é solução. Crescer é preciso, em todos os sentidos: emprego, escola, saúde, educação, segurança pública, inclusão social. Mas deve-se sempre ter em mente que a violência não só se combate com ações oriundas do Estado, e que cabe também à sociedade fazer a sua parte, só assim, em duas pernas, conseguiremos andar direito. E de pé.
Antonio Carlos Siqueira Campos

Para reduzir a pobreza no mundo é necessário, na minha opinião, começar eliminando as guerras entre as nações. Em seguida, a ONU poderia ser tornar um organismo mundial que dirigisse realmente todas as nações, acabando com o domínio dos países ricos sobre os países pobres.
Paulo Roberto de Oliveira

FÓRUM SOCIAL MUNDIAL

O Fórum Social Mundial parece ter ao menos força simbólica para mostrar os erros de uma globalização econômica cega, que privilegia mais as coisas do que as pessoas. É necessário refletir e, principalmente, mudar efetivamente os rumos errados de uma globalização do capital e dos produtos que ainda não prestigia o lado social da forma adequada, por meio de exigências de um maior bem-estar para os povos, com menos agressões ao meio ambiente, mais distribuição de riquezas e um melhor aproveitamento dos recursos naturais.
Renato Wieser


IRÃ E PROGRAMA NUCLEAR

O programa nuclear do Irã irá consolidar esta nação como potência regional numa região onde o Ocidente, os Estados Unidos, a Europa Ocidental e a Rússia querem manter seu domínio. Não há interesse por parte desses países no surgimento de uma potência regional. A consolidação do Irã como nação e potência nuclear quebra esta estrutura geopolítica instalada, onde o petróleo é a riqueza que se quer controlar.
Fernando

SISTEMA CARCERÁRIO NA ALEMANHA

Li a matéria de 24/12/06 "Situação prisional alemã". Material muito pertinente, posto que faz a gente refletir a respeito da realidade nacional, comparando-a à internacional. Dá ainda para perceber que a educação é o meio para combater e reduzir esse quadro. Claro que a educação não é a única ajuda, há ainda emprego, renda, habitação e mudança na linha da impunidade. Ou seja, um conjunto de medidas sociais a fim de reerguer este país. Difícil? É, porém não impossível! Basta haver vontade política dos homens e mulheres que guiam esta nação.
Walmir Santana

INDÚSTRIA AUTOMOBILÍSTICA

Resta saber se os automóveis que se está querendo produzir buscam um novo conceito que extrapola o do conforto e do luxo para classes abastadas, ou traz para um primeiro plano a busca de automóveis de dimensões menores para transporte de um número menor de pessoas com o intuito de ocupar menos espaço nas vias públicas e mais economia de matéria-prima, de serviços na produção, de combustíveis fósseis e de maior acessibilidade para idosos e adolescentes.
Eraldo Fábio de Araújo