1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Furacão destrói e mata na Europa Ocidental

Fortes chuvas com ventos de até 150 km/h varreram Inglaterra, Holanda, Bélgica, Alemanha, Suíça e a costa francesa neste domingo (27). Calmaria prevista apenas para a manhã desta segunda-feira.

default

Cobertura da piscina não resistiu ao vento

Desde o sábado, os serviços de meteorologia estavam advertindo para o mau tempo e aconselhando as pessoas a saírem de casa apenas em caso de extrema necessidade. Mesmo assim, como a manhã de domingo estivesse ensolarada, muitos resolveram seguir a rotina normal de final de semana.

O furacão entrou na Alemanha no final da manhã de domingo. Ele veio a partir do oeste, no estado da Renânia do Norte-Vestfália, depois de já ter causado mortes e destruição na Grã-Bretanha, França e Holanda.

Pelo menos dez pessoas morreram na Alemanha, vítimas de raios, árvores caídas ou esmagadas em seus carros. O balanço de mortos na Europa Ocidental era de 23 nesta segunda-feira (28), segundo a polícia e serviços de atendimento médico de urgência. Em algumas regiões, chegou a ser decretado estado de emergência.

Polícia e bombeiros trabalham sem parar

Os ventos arrancaram árvores com suas raízes, tapumes em obras e quebraram postes. A Catedral de Colônia foi toda cercada para impedir a aproximação de turistas, devido à grande quantidade de pedras que se desprenderam de seus ornamentos. Vários eventos artísticos e esportivos foram cancelados, inclusive uma partida do Campeonato Alemão de futebol.

Diversas estradas foram bloqueadas por árvores caídas. O mesmo aconteceu com vários trechos ferroviários. Em alguns aeroportos, aterrissagens e decolagens foram prejudicadas. Em Londres, 39 vôos foram cancelados. Fortes ondas também atrapalharam a navegação fluvial e os ferry boats nas costas francesa e britânica. Polícia e bombeiros trabalham ininterruptamente.

Na noite de domingo, o furacão se deslocou para o leste do país, fazendo-se notar também no norte e no sul da Alemanha. Em Berlim, as autoridades recomendaram às pessoas que não saíssem de casa, para evitar acidentes.

  • Data 28.10.2002
  • Autoria rw
  • Imprimir Imprimir a página
  • Link permanente http://p.dw.com/p/2mWl
  • Data 28.10.2002
  • Autoria rw
  • Imprimir Imprimir a página
  • Link permanente http://p.dw.com/p/2mWl