1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cultura

Fundação orientará interessados em cursos profissionalizantes

Formação e ensino como bem de consumo: este é o princípio básico da "Stiftung Bildungstest".

default

A ministra Edelgard Bulmahn criou a fundação que testará a qualidade das escolas

A "Stiftung Warentest" (tradução: Fundação Teste de Mercadorias) é uma instituição de peso no dia a dia alemão. Boa parte da população a consulta, antes de qualquer passo decisivo no mundo do consumo. Agora, a "Stiftung Bildungstest" assumirá esta mesma função na área da formação profissional. Seu lançamento foi anunciado pela ministra da Educação, Edelgard Bulmahn, nesta sexta-feira (18) em Berlim.

A partir de julho, a fundação examinará 20 diferentes cursos profissionalizantes, inicialmente como parte da "Warentest". Após esta primeira fase de "aquecimento", ela se voltará também para as ofertas de ensino do primeiro grau ao nível universitário.

A ministra da Educação pretende que a "Bildungstest" seja uma instituição autônoma, funcionando em colaboração com os governos estaduais. No caso das escolas e universidades, a competência é dos Estados. A "Bildungstest" conta com verba federal de três milhões de euros por ano, até 2005.

Labirinto de ofertas – Existem na Alemanha mais de 35.000 instituições de formação profissional, oferecendo um total de 400.000 cursos, que vão de idiomas até contabilidade, passando pela informática. Tal fato torna indispensáveis os testes comparativos, aplicados por uma entidade independente, como forma de garantia de qualidade. Segundo Bulmahn, os resultados desses testes seriam um importante instrumento de orientação para o consumidor.

Dos critérios a serem aplicados pela nova fundação, ao avaliar os cursos profissionalizantes, constam o acompanhamento dos alunos, material didático, prestação de serviços, técnicas, condições contratuais e custos. A "Stiftung Bildungstest" deverá divulgar resultados dos seus primeiros testes no primeiro semestre de 2003.

Links externos