1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Frutas tropicais e pratos exóticos

Até o dia 26 de janeiro, quase 1600 expositores apresentam em Berlim iguarias e produtos agrários de 55 países. A 68ª Semana Verde Internacional espera cerca de 450 mil visitantes.

default

Holandeses exportam queijos e verduras para a Alemanha

A Semana Verde Internacional abre seus portões nesta sexta-feira (17) e durante dez dias recebe não apenas os profissionais do setor, mas também o público interessado em guloseimas e frutas exóticas de todo o mundo.

Como todos os anos, o evento é complementado por duas mostras paralelas: a Fruit Logistica, dedicada ao comércio internacional de frutas, e a Heim – Tier & Pflanze, dedicada a animais domésticos e plantas ornamentais.

Na Semana Verde de 2003, o Brasil está representado por dez expositores, congregados num stand coletivo organizado pelo IBRAF – Instituto Brasileiro de Frutas. É o stand A-14 no 1º andar do pavilhão 05. Todos os expositores do Brasil dedicam-se à exportação de frutas, verduras e flores: três empresas de São Paulo, três do Espírito Santo, duas de Santa Catarina, uma de Pernambuco e uma do Ceará.

Consumo elevado

A Alemanha é um excelente mercado para frutas e verduras de todo o mundo. No ano passado, os alemães bateram um novo recorde no consumo per capita desses produtos: cerca de 187 quilos, segundo a ZMP – Central de Observação do Mercado e dos Preços de Produtos da Agricultura, da Silvicultura e dos Alimentos, com sede em Bonn.

O consumo alemão de frutas e verduras em 2002 correspondeu a um volume total de 15 milhões de toneladas, 60% das quais foram consumidas como produtos frescos. Os restantes 40% destinaram-se à produção industrial de conservas e pratos congelados.

Importação

De acordo com as estatísticas da ZMP, o consumo per capita anual se divide em 107 quilos de frutas e cerca de 80 quilos de verduras. Apenas um quarto dos artigos hortifrutícolas consumidos no país é oriundo da produção nacional.

Com isto, a Alemanha é o país europeu que mais importa frutas e verduras frescas. Em 2002, as importações de frutas devem ter ficado pouco abaixo do volume do ano anterior, que foi de 4,7 milhões de toneladas. As importações de verduras giraram em torno de 3 milhões de toneladas. As estatísticas exatas ainda não são conhecidas.

Os principais exportadores de verduras para a Alemanha são Holanda, Espanha, Itália, França e Bélgica. Em 2002, a Holanda perdeu parte do mercado para a Espanha, que expandiu fortemente as suas exportações para a Alemanha. Na área das frutas, a Espanha é o país que mais fornece à Alemanha.

Leia mais

Links externos