1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Ciência e Saúde

Frio polar avança para o sul e leste dos EUA

Baixas temperaturas atingem até mesmo o sul dos Estados Unidos, incluindo a Geórgia e a Flórida. Em Chicago, um urso polar teve que ser recolhido para um abrigo.

default

Gelo cobre rochas na baixa Manhattan, em Nova York

A grande massa de ar polar que congelou o centro-oeste dos Estados Unidos avançou para as regiões sul e leste nesta terça-feira (07/01), forçando o cancelamento de milhares de voos e o fechamento de escolas e serviços públicos.

De acordo com meteorologistas, todos os estados do país – incluindo o Havaí – registraram temperaturas negativas em algum momento do dia. O centro-oeste e o leste estavam mais frios do que regiões da Antártida.

Em Nova York, a máxima foi de 12ºC negativos. Em Boston, os termômetros não superaram os 8ºC abaixo de zero.

Também fez muito frio no sul: em Birmingham e Alabama, as temperaturas caíram para 14ºC negativos, as mais baixas desde 1970. Em Atlanta, na Geórgia, o recorde foi de 14.5ºC negativos e, em Nashville, de 16.7ºC negativos.

No Aeroporto Internacional Washington Dulles, a temperatura despencou para 17ºC, abaixo de zero, a menor desde 1988.

Kältewelle in den USA Chicago 07.01.2014

Passageiro aguarda trem em plataforma sob temperaturas negativas em Chicago

No leste do país, escolas e creches não funcionaram para evitar a exposição dos alunos ao frio. As autoridades também disponibilizaram abrigos aos moradores de rua. Em Nova Orleans, que registrou 3ºC negativos, a roda gigante do Centennial Olympic Park ficou fechada para os visitantes.

Mais ao sul, na cidade costeira de Pensacola, na Flórida, as ruas que geralmente estão cheias de ciclistas ficaram desertas. No Havaí, fez 8ºC negativos no topo do vulcão Mauna Kea.

O frio foi extremo também no centro-oeste. Na noite desta terça-feira, a população de Chicago enfrentou 24ºC abaixo de zero. Em St. Louis, os termômetros chegaram aos 25.5ºC negativos.

A temperatura mais baixa do país na terça foi registrada na pequena Embarass, em Minnesota, com 37ºC negativos.

No estado de Illinois, mais de 500 passageiros ficaram presos numa ferrovia na madrugada de terça. Três trens que seguiam para Chicago não conseguiram avançar por causa do acúmulo de neve.

Em todo o país, companhias aéreas cancelaram mais de 2 mil voos apenas nesta terça. Em quatro dias, 11 mil itinerários já foram afetados.

Bildergalerie USA Kältewelle 07.01.2014

Cerca de 190 milhões de norte-americanos são afetados pela nevasca

Frio até para ursos polares

Em Chicago, o frio foi demais até para os ursos polares que vivem no zoológico Lincoln Park. A fêmea Anana teve que ser abrigada por não ter a camada de gordura necessária para enfrentar o frio congelante.

Estima-se que 190 milhões de pessoas foram afetadas pelo chamado vórtice polar nos Estados Unidos. O fenômeno é causado por ventos extremos que sopram do Polo Norte.

KG/ap/afp/efe