1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Frentzen correrá em 2002 pela Arrows

O piloto alemão Heinz-Harald Frentzen, 34 anos, garantiu seu futuro na Fórmula 1, trocando a escuderia Prost pela Arrows.

default

Heinz-Harald Frentzen, antes de estrear pela Prost, no GP da Hungria, em agosto de 2001

Frentzen assinou contrato de um ano com a Arrows, com opção para renovar por mais um. Ele ganhará salário anual de 767.000 euros, muito menos do que recebia na Jordan (9,2 milhões de euros) antes de ser despedido, em plena temporada de 2001.

Dessa forma, a Fórmula 1 terá em 2002 quatro pilotos alemães: Michael Schumacher (Ferrari), seu irmão Ralf Schumacher (Williams-BMW), Nick Heidfeld (Sauber-Petronas) e Heinz-Harald Frentzen (Arrows-AMT). A próxima temporada será iniciada em 3 de março com o GP de Melbourne (Austrália).

Frentzen, piloto da geração de Michael Schumacher, era tido como promessa do automobilismo alemão. Mas, após ter corrido 129 GPs, ele só conseguiu três vitórias: Imola (1997), pela Williams, Magny-Cours e Monza (1999), pela Jordan.

Passagem pela escuderia Prost

Depois de receber o bilhete azul da Jordan, Frentzen correu cinco provas da última temporada pela Prost. Mas a escuderia comandada pelo ex-tetracampeão mundial, o francês Alain Prost, entrou em grave crise financeira. Segundo os rumores, ela deve quase 30 milhões de euros à Ferrari pela utilização dos seus motores.

Se até 15 de março não forem encontrados novos patrocinadores, a escuderia será extinta, afirmou Alain Prost.O ex-piloto francês, que venceu 51 corridas de Fórmula 1, não obteve o mesmo êxito com a sua escuderia, criada há cinco anos. Em 2000, o time não pontuou nenhuma vez. Em 2001 só conquistou quatro pontos.