1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Fred desencanta, Neymar faz golaço e Brasil bate a Itália

Seleção brasileira vence clássico em jogo de seis gols, confirma primeiro lugar do grupo e agora espera por Uruguai ou Nigéria. Atacante do Fluminense marca dois, e craque do Barcelona faz nova pintura.

Foi uma vitória suada – talvez mais do que deveria, porém à altura do clássico. Com mais um golaço de Neymar e com Fred, enfim, desencantando, a seleção brasileira venceu neste sábado (22/06) a Itália por 4 a 2 e confirmou sua passagem em primeiro lugar do grupo A para a semifinal da Copa das Confederações.

Se, antes do torneio, o técnico Luiz Felipe Scolari temia falta de apoio da torcida, as arquibancadas lotadas da Fonte Nova confirmaram aquilo que já fora visto no Mané Garrincha, na estreia contra o Japão, e no Castelão, contra o México: os torcedores estão com o time e não dão mostras de que vão mudar.

Neste sábado, mesmo nos momentos de pane da seleção, em nenhum momento a torcida deixou de vibrar. E nos períodos de maior tensão, como após o gol de empate da Itália, contou com Neymar novamente para tranquilizá-la.

Confed Cup Brasilien gegen Italien

O zagueiro Dante é abraçado por Hulk após abrir o placar para a seleção brasileira

O Brasil abriu o placar com Dante, ainda no primeiro tempo, cedeu o empate na volta do intervalo, mas não demorou a retomar a liderança no placar, com Neymar e depois Fred, que ainda não havia marcado no torneio. A Itália ainda diminuiu para 3 a 2, mas, já no fim do segundo tempo, o atacante do Fluminense voltou a brilhar.

A vitória sobre o rival deu ainda mais confiança ao time de Scolari e, de quebra, o tirou do caminho da Espanha, que deve se garantir neste domingo no primeiro lugar do grupo B. O Brasil volta a campo na próxima quarta-feira, no Mineirão, e o Uruguai se anuncia como provável adversário.

O jogo

O primeiro tempo começou como na partida contra o México. Empurrada pela torcida, que mesmo após o fim da execução do hino nacional continuou a cantar, a seleção tentou pressionar a Itália nos primeiros minutos.

A primeira chance real de gol saiu antes mesmo de completado o primeiro minuto de jogo. No lance, Hulk invadiu a área italiana pela esquerda e chutou forte, cruzado, de canhota, para boa defesa de Buffon.

Confed Cup Brasilien gegen Italien

Emanuele Giaccherini comemora o gol que deu o empate à Itália no início do segundo tempo

Após o início movimentado, o jogo ficou morno. E a segunda chance brasileira só apareceu aos 23 minutos, com Neymar. O atacante do Barcelona recebeu passe de calcanhar de Fred, mas, diante de Buffon, chutou fraco, à esquerda do gol italiano.

Plantada em seu campo com uma linha de quatro e outra de cinco defensores, a Itália se preocupou mais em conter as investidas brasileiras do que em atacar. Em nenhum momento no primeiro tempo, levou perigo real ao gol de Júlio César. A seleção de Felipão foi para o vestiário com 65% de posse de bola.

O gol brasileiro saiu já aos 45 minutos de jogo, com Dante, que entrara pouco antes no lugar de David Luiz, contundido. Após cabeçada de Fred, o zagueiro do Bayern de Munique chutou de esquerda no canto, sem chances para Buffon, que ainda se recuperava da primeira defesa que fizera.

Na volta dos vestiários, os italianos aproveitaram logo a sua primeira chance no jogo para empatar. Após tiro de meta de Buffon, Balotelli deu belo passe de calcanhar para Giaccherini, que invadiu a área e chutou cruzado, sem chances para Júlio César.

Confed Cup Brasilien gegen Italien

Neymar briga pela bola: camisa 10 voltou a brilhar e saiu de campo aplaudido

O Brasil, no entanto, não demorou a voltar a ficar à frente no placar. Aos 9 minutos, Neymar, cobrando com categoria falta que ele mesmo sofrera, fez 2 a 1. Doze minutos depois, Fred fez seu primeiro gol na Copa das Confederações, finalizando com categoria um longo lançamento de Marcelo, e ampliou o marcador.

Já com Neymar no banco de reservas, a Itália diminiu aos 26 minutos, com o zagueiro Chiellini em lance confuso na grande área, e manteve pressão sobre o Brasil durante quase 15 minutos. Maggio ainda acertou uma bola no travessão de Júlio César antes de ver Fred, aos 42, pegar o rebote de um chute de Marcelo e fechar o placar.

Ficha técnica

Local: Arena Fonte Nova – Salvador

Gols: Dante (45 do primeiro tempo), Giaccherini (5 do segundo tempo), Neymar (9 do segundo tempo), Fred (21 e 43 do segundo tempo), Chiellini (26 do segundo tempo).

Cartões amarelos: Neymar, David Luiz, Luiz Gustavo (Brasil); Marchisio (Itália)

Arbitragem: Ravshan Irmatov (Uzbequistão), auxiliado por Abdukhamidullo Rasulov (Uzbequistão) e Bakhadyr Kochkarov (Cazaquistão)

Brasil: Júlio César; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz (Dante) e Marcelo; Luiz Gustavo, Hernanes e Oscar; Neymar (Bernard), Hulk (Fernando) e Fred. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Itália: Gianluigi Buffon; Iganzio Abate (Christian Maggio), Mattia De Sciglio, Giorgio Chiellini e Leonardo Bonucci; Alberto Aquilani, Claudio Marchisio, Antonio Candreva, Riccardo Montolivo (Emanuele Giaccherini); Alessandro Diamanti (El Shaarawy) e Mario Balotelli. Técnico: Cesare Prandelli.

Leia mais