1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

França promete usar todos os recursos militares no Mali para achar avião

Voo AH5017 ia de Burkina Faso para a capital da Argélia, com ao menos 116 pessoas a bordo, em sua maioria franceses. Aparelho sumiu do radar 50 minutos após decolagem.

default

MD-83 da espanhola Swiftair, semelhante à aeronave desaparecida

O presidente François Hollande anunciou nesta quinta-feira (24/07) a mobilização de todos os meios civis e militares franceses no Mali para encontrar o avião da companhia aérea Air Algerie, que provavelmente caiu após decolar de Burkina Fasso rumo à Argélia.

O contato com o radar se rompeu 50 minutos depois de o voo AH5017 partir de Ouagadougou, capital de Burkina Faso, na África Ocidental. Autoridades francesas afirmam que, no momento do desaparecimento, o aparelho sobrevoava o norte do Mali, em meio a chuvas pesadas.

"Tudo nos leva a crer que esse avião caiu no norte do Mali", disse Hollande.

Segundo o Ministério dos Transportes de Burquina, entre os 110 passageiros e seis tripulantes encontravam-se 50 franceses, 24 burquinenses, seis libaneses, cinco canadenses, dois luxemburgueses, um suíço, um nigeriano, um camaronês e um malinês.

Até o momento, a Air Algerie se limitou a informar que iniciou um plano de emergência. Sem confirmação oficial, a emissora de TV privada argelina El-Nahar noticiou, no entanto, que o avião teria caído nas proximidades de Niamey, capital do Níger.

O norte do Mali é controlado por separatistas tuaregues. Fontes francesas rechaçam especulações que eles poderiam ter derrubado a aeronave de passageiros, por sequer dispor de armamentos com tal capacidade.

O jato do tipo MD-83 fora fretado da espanhola Swiftair. A companhia sediada em Madri confirmou o desaparecimento e declarou estar investigando as circunstâncias do incidente, com o auxílio de equipes de resgate. Os MD-83 são produzidos desde a década de 1980 pela McDonnell Douglas, fabricante americana atualmente de propriedade da Boeing.

AV/dpa/rtr/afp/ap

Leia mais