1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

França pagará por colaboração nazista

A França terá de pagar pela cumplicidade do regime Vichy no extermínio de judeus na Segunda Guerra Mundial. O Supremo Tribunal Administrativo em Paris decidiu, nesta sexta-feira (12), que o Estado francês terá de pagar a metade da indenização de 720 mil euros, que o colaborador nazista Maurice Papon foi condenado por um tribunal de Bordeaux, em 1998, a pagar a parentes das vítimas. Papon, de 91 anos de idade, também pegou uma pena de 10 anos de prisão, que está cumprindo na prisão La Santé.

O novo processo foi aberto pelos advogados de Papon. Eles argumentaram que o seu cliente agiu como servidor público. Como secretário-geral da prefeitura de Bordeaux, de 1942 a 1944, Papon colaborou com a Alemanha nazista na deportação de mais de 1.500 judeus da cidade para campos de concentração. Depois da Guerra, ele ocupou entre outros cargos importantes, a chefia de polícia de Paris e coroou sua carreira como ministro do orçamento, na presidência de Valéry Giscard d’Estaing.