1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Fox chega ao mercado alemão

Modelo desenvolvido no Brasil disputa segmento de compactos, em expansão na Europa, e deverá enfrentar concorrência franco-japonesa no preço.

default

Carro já é sucesso na América Latina

As revendedoras Volkswagen da Alemanha vendem, a partir desta sexta-feira (29/04), o Fox, modelo desenvolvido pela subsidiária brasileira da montadora alemã. O compacto foi apresentado no 15º Salão do Automóvel de Leipzig, no início do mês, e na versão básica custa 8950 euros, o que equivale a cerca de R$ 30 mil.

O Fox não é primeiro compacto ou minicarro que passa a disputar um segmento durante muito tempo negligenciado pelos fabricantes alemães, sob a alegação de que não dá lucro. Devido à retração dos consumidores e à resultante estagnação do mercado automobilístico, até mesmo as grandes montadoras estão mudando de idéia.

A Toyota, Peugeot e Citroën lançam – sob três nomes diferentes – um produto desenvolvido em conjunto. A Ford recicla o Ka, relançando-o como o modelo especial Student.

Agora, a Volkswagen reconheceu os sinais do tempo, trazendo também à Europa o Fox, originalmente planejado apenas para o mercado sul-americano. Por 8950 euros, o comprador alemão recebe um veículo equipado de forma modesta, porém muito bem pensado.

Espaço surpreendente

Renunciando a um terceiro assento traseiro, os engenheiros da Volkswagen proporcionam surpreendente espaço até para dois adultos. Um dos motivos desse conforto adicional é sua altura total de 1,54 metro, sete centímetros a mais que a do antecessor Lupo. Enquanto este era simplesmente apertado, o Fox, com 3,52 metros de comprimento (30 centímetros a mais) é quase uma pequena van.

Modell VW-Fox in Werk in Cordoba

O Fox, ainda na linha de montagem

Os assentos relativamente altos e o pára-brisa dianteiro inclinado reforçam essa impressão. O porta-malas engole 260 litros de bagagem. Deitando os bancos traseiros, esse espaço chega a 1016 litros. Em sua categoria – diz a mídia especializada – o equipamento do carro convence.

Concorrência da Toyota-Peugeot-Citroën

Dentre os atuais modelos de sua classe – excetuada a co-produção franco-japonesa, que ainda não está nas ruas – o Fox é considerado o mais confortável. Porém, baratíssimo ele não é: custando mil euros a mais que seus três futuros concorrentes, ele oferece bem menos acessórios.

No tocante à segurança, os pontos altos são o sistema de freios antitravamento (ABS) e dois airbags. Extras, como os airbags laterais (255 euros), o sistema eletrônico de estabilidade ESP (400 euros) ou mesmo um sistema de ar condicionado (1225 euros) já oneram bastante a compra.

Inicialmente, a versão do Fox comercializada na Europa será produzida no Brasil, na fábrica da Volks em São José dos Pinhais (PR). A partir do segundo semestre deste ano, a produção será transferida para a unidade da empresa em São Bernardo do Campo (SP).

Segundo dados da Volkswagen, lançado no Brasil em outubro de 2003, o Fox é atualmente o quinto modelo mais vendido no país. Além de ingressar na Europa, o carro também estaria tendo boa aceitação no México e na Argentina.

Leia mais