1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Forte terremoto causa destruição e mortes no Irã e Paquistão

Tremor de magnitude 7.8 atingiu região próxima à fronteira dos dois países. Número de mortos e feridos não pode ser confirmado devido a danos provocados pelo abalo nos sistemas de comunicação.

Um forte terremoto atingiu nesta terça-feira (16/04) o sudeste do Irã, perto da fronteira com o Paquistão, deixando dezenas de mortos e feridos nos dois países. Os números de vítimas permaneciam indeterminados durante o dia, devido ao corte dos sistemas de comunicação, seriamente afetados pelo abalo.

Só num vilarejo paquitanês teriam sido mais de 30 mortos. No Irã, as vítimas passariam de 40, segundo estimativa da emissora iraniana Press TV. O próprio canal reconheceu, porém, não haver uma confirmação oficial.

Um oficial de saúde local no Irã disse à agência de notícias Fars que mais de 20 aldeias foram provavelmente "severamente danificadas", com base em relatos iniciais.

Um funcionário iraniano afirmou que centenas de pessoas podem ter morrido. Um parlamentar iraniano da região relatou, entretanto, que o número de mortos "não foi elevado". Uma autoridade paquistanesa disse que pelo menos cinco pessoas morreram.

Reflexos na Índia e no Golfo

Reflexos do tremor, de magnitude 7.8 na escala Richter, foram sentidos em lugares distantes como a Índia e os países do Golfo. O abalo teve origem numa região remota, desértica e montanhosa, que não é densamente povoada. "Foi o maior terremoto no Irã em 40 anos. Estamos esperando centenas de mortos", disse à agência de notícias Reuters um funcionário do governo, falando em condição de anonimato.

Erdbeben Iran Pakistan Indien

Em Dubai, pessoas deixaram os prédios, ao sentirem os reflexos do abalo

Mas o político iraniano Hamid Reza Pashang disse à agência de notícias Mehr que conversou com moradores de Zabul, Saravan, Khash, além de outras áreas afetadas pelo terremoto, e que elas disseram que "o abalo não foi do tipo que provoca muitas mortes".

Segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês), o tremor ocorreu às 15h44 locais (7h44 de Brasília) em uma profundidade de 15,2 quilômetros. O epicentro foi a 201 quilômetros do sudeste de Zahedan e a 250 quilômetros a oeste de Turbat, no Paquistão.

Segundo tremor em uma semana

Este foi o segundo grande terremoto de elevada magnitude no Irã em apenas uma semana. Em 9 de abril, um forte terremoto de magnitude 6.3 atingiu o país, perto de sua única usina de energia nuclear, deixando 37 mortos, 850 feridos e duas aldeias devastadas. A maioria das instalações com atividades nucleares do Irã é localizada no meio ou no oeste, incluindo a usina nuclear em Bushehr, na costa do Golfo.

O Irã está situado sobre várias falhas geológicas e já sofreu diversos terremotos devastadores, incluindo um de magnitude 6.6 em 2003, o mais violento dos últimos anos. O abalo destruiu a cidade de Bam, matando mais de 25 mil pessoas.

MD/rtr/dpa/afp

Leia mais