1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Fonte de fantasia para além da infância

Playmobil é a marca de brinquedos alemã mais conhecida no mundo. Ao todo, 1,7 bilhão de bonequinhos da firma Geobra Brandstätter povoam as casas deste planeta, inspirando a infância de crianças e a memória dos adultos.

default

Mais personagens femininos para conquistar meninas

A família Playmobil surgiu como resposta à primeira crise do petróleo da década de 1970 e à dificuldade em competir com países com mão-de-obra barata. Com origem em 1876, a indústria Geobra Brandstätter atuava inicialmente como fábrica de produtos metálicos e mais tarde sintéticos, como cofrinhos de poupança, telefones e pneus.

Nos anos 50, o atual presidente Horst Brandstätter ampliara os negócios para o setor de brinquedos. A alta do preço da matéria-prima para seus tratores de plástico, relativamente grandes, levou-o a buscar uma perspectiva para os dias sombrios que se aproximavam.

Após três anos de trabalho coordenado por Hans Beck, o chefe do Departamento de Desenvolvimento, os primeiros Playmobil deram início, em 1974, à conquista das prateleiras das lojas e do coração das crianças. As figuras não nasceram do nada, mas a partir da análise de desenhos de crianças, nos quais elas retratavam pessoas. Os desenhistas notaram, por exemplo, que as cabeças costumavam ser desproporcionalmente grandes, em relação ao corpo. E os rostos ganharam pintados dois olhos e uma boca sorridente. Nada mais. Até hoje.

A evolução da família – Nem por isso os bonequinhos deixaram de evoluir. Se no início os únicos movimentos possíveis eram girar a cabeça e os braços e dobrar as pernas, os modelos mais recentes possuem mãos e pés móveis. As figuras femininas deixaram de usar apenas minissaias. Algumas vestem calças compridas; outras, vestidos longos. Com o tempo, a família Playmobil deixou de ter apenas membros brancos, incorporando também negros e peles vermelhas.

Playmobil Bauarbeiter

Lançado em janeiro de 2003, operário com britadeira

Entre os primeiros representantes, estavam índios, xerifes, bandidos, caubóis e a cavalaria americana, assim como reis, princesas e cavaleiros medievais. O leque de personagens foi se multiplicando de tal forma que atualmente abrange desde jardineiros e operários da construção civil até pilotos de aviões e carros de corrida, passando por médicos, bombeiros e policiais. Animais estão representados nos kits de fazenda, zoológico e aventura na selva, entre outros.

As últimas inovações – A exemplo de outros brinquedos em série, a Playmobil igualmente já vive o futuro de espaçonaves intergaláticas, além de ter entrado no mundo virtual dos videogames. Por outro lado, às vésperas de entrar em seu 40º ano de criação, a família retornou ao passado longínquo do ser humano e lançou o kit Arca de Noé, um sucesso de vendas neste Natal de 2003. Isto sem falar que já existe presépio com peças Playmobil.

Voltado sobretudo para a faixa etária dos quatro aos 12 anos, o Playmobil vem tentando ampliar seu alcance. Hoje existe uma linha para crianças menores de quatro anos, sem peças miúdas de encaixar e com pés e mãos fixos. Por outro lado, diante da constatação de que 70% dos usuários são meninos, a Geobra Brandstätter tem desenvolvido mais figuras com motivos femininos a fim de atrair as meninas. Além de avião, barco pirata, castelo e povoado viking, a marca oferece agora também casa completa, palácio e supermercado.

Brasil e dados da empresa – No Brasil, a família Playmobil chegou em 1976 através da indústria de brinquedos Trol. Entretanto, a empresa fechou no início dos anos 90. Mesmo assim, toda a geração de crianças deste período ficou marcada pelos bonequinhos, que permitem às crianças reproduzir em suas brincadeiras a vida real, suas fantasias e sonhos. A paixão de alguns chega a tanto que não poucos, mesmo depois de adultos, se negam a se desfazer dos brinquedos. Playmobil tornou-se também objeto de colecionadores.

O sucesso de Playmobil é tão grande que a Geobra Brandstätter teve nele em 2002 quase 99% de seu faturamento mundial de 304,3 milhões de euros, embora continue fabricando produtos metálicos. Com sede em Zirndorf, perto de Nurembergue, a empresa bávara fabrica os bonequinhos e kits em sua unidade de Dietenhofen, assim como em Malta, Espanha e República Tcheca. Somente da fábrica alemã saem da linha de produção quatro milhões de peças diariamente.

Familienurlaub im Playmobil Fun Park

Castelo medieval no Funpark de Zirndorf

Parques de diversão – E embora poucos saibam, a marca ampliou, igualmente, os seus negócios através de seu Playmobil Funparks. Eles têm como base um pavilhão com farta oferta de brinquedos Playmobil para que as crianças brinquem à vontade.

O maior e mais incrementado é o de Zirndorf, que possui um grande parque externo de 90 mil metros quadrados, com áreas temáticas (fazenda, mina de ouro, acampamento indígena, castelo medieval, selva e barco pirata), em que as crianças podem brincar em meio a bonecos Playmobil de 1,60 metros de altura. Os demais Funparks ficam na França (Paris), Estados Unidos (Orlando e West Palm Beach), Grécia (Atenas) e Malta.

Leia mais

Links externos