1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Ciência e Saúde

Foguete não tripulado da SpaceX explode após lançamento

Cápsula levava cerca de 2 toneladas de suprimentos para a ISS. Causas do acidente não foram esclarecidas. Apesar de explosão, tripulação da estação espacial tem comida suficiente a bordo para, pelo menos, quatro meses.

O foguete não tripulado Falcon da SpaceX que levava a cápsula Dragon com suprimentos para a Estação Espacial Internacional (ISS) explodiu neste domingo (28/06) cerca de dois minutos após ser lançado no Cabo Canaveral, nos Estados Unidos.

Essa foi a primeira falha no Falcon, desde seu lançamento de estreia em 2010. A SpaceX foi contratada pela Nasa, por mais de 2 bilhões de dólares, para realizar 15 voos, incluindo missões de reabastecimento da ISS. Essa era a sétima missão desse tipo efetuada pela empresa.

As causas da explosão ainda não foram esclarecidas. Segundo o presidente da SpaceX, Elon Musk, o foguete teve um problema, que parece ter sido no motor superior, mas informações mais detalhadas só serão repassadas após a revisão dos dados.

A cápsula Dragon deveria chegar a ISS na manhã de terça-feira e transportava mais de 2 toneladas de material para experimentos científicos, alimentos e roupas para a tripulação. "Isso foi um golpe para nós. Nós perdemos muitos equipamentos para pesquisa nesse voo", afirmou o diretor da Nasa Bill Gerstenmaier.

Apesar do problema, a tripulação da estação espacial tem suprimentos e comida suficientes a bordo para, pelo menos, até o fim de outubro, garantiu a Nasa. Além disso, há uma missão russa de abastecimento programada para ser lançada no início de julho e uma japonesa para agosto.

CN/lusa/rtr/afp/dpa

Leia mais