1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

FMI pode não participar de resgate à Grécia

Alto responsável da entidade diz que FMI só vai oferecer novo pacote financeiro quando Atenas implementar reformas exigidas por credores e líderes europeus aceitarem reestruturação da dívida.

O Fundo Monetário Internacional (FMI) não deve participar do programa de resgate financeiro à Grécia enquanto Atenas não implementar as reformas exigidas pelos credores e os líderes da zona do euro não derem um alívio à dívida do país, afirmou um alto responsável do órgão nesta quinta-feira (30/07).

"O FMI só vai participar quando essas duas condições forem cumpridas", disse a fonte a jornalistas sob condição de anonimato. "Vai levar algum tempo até que ambas as partes estejam prontas para tomar essas decisões", observou.

Nesta semana, Atenas e líderes europeus começaram uma nova rodada de negociações sobre um novo pacote de resgate econômico, orçado em 86 bilhões de euros. O prazo para um acordo é até 20 de agosto, quando a Grécia terá de pagar 3,2 bilhões de euros em bônus ao Banco Central Europeu (BCE).

Segundo o representante do FMI, a entidade continuará a participar ativamente do diálogo, mas "não há expectativas" de que as negociações atendam às demandas.

A diretora-gerente do FMI, Christine Lagarde, defende a reestruturação da dívida grega para tornar o débito "viável". Governos europeus, no entanto, rejeitam a ideia.

KG/ap/rtr

Leia mais