1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Florestas alemãs correm perigo

O forte calor do último verão europeu trouxe sérios danos às florestas alemãs, cujas árvores não estão acostumadas com temperaturas acima de 35º C. E a situação pode ser ainda pior em 2004.

default

Altas temperaturas afetam resistência das plantas

Autoridades e cientistas da Alemanha estão preocupados com a situação das florestas do país, que sentiram os efeitos das altas temperaturas do último verão europeu. Com base em períodos anteriores de grande seca, os especialistas já estão prevendo a morte de florestas inteiras. O temor é que a situação seja ainda pior em 2004, conforme alerta de cientistas florestais reunidos no grupo de trabalho AFL. Entre as espécies mais atingidas pela seca estão a faia, o carvalho e o abeto vermelho (uma espécie de pinheiro), todas tradicionais na Alemanha.

A preocupação já chegou ao governo alemão. “A situação está ficando séria”, afirmou recentemente o secretário-adjunto do Ministério da Agricultura, Matthias Berninger, do Partido Verde. Segundo relatório do governo, mais de um quinto das florestas alemãs apresenta clara perda de folhas. Essa situação está relativamente estável desde 1995, sem que haja melhoras substanciais. De acordo com Berninger, com a última seca os problemas nas florestas devem aumentar no próximo ano.

Besouros

A falta de água, que enfraquece as plantas, também facilita a proliferação de parasitas, como uma espécie de besouro que se alimenta de madeira (no Brasil também conhecido como caruncho). No último verão, uma superpopulação da praga atacou florestas da Baixa Saxônia, da Baviera e de Baden-Württemberg. Segundo dados da empresa florestal de Saxônia-Anhalt, o número de árvores atingidas neste ano naquele Estado dobrou em relação a 2002. Moradores da região disseram nunca ter visto nada semelhante. Para conter o avanço do besouro, as árvores atingidas foram derrubadas e tiveram sua casca, embaixo da qual os besouros viviam, arrancada.

A seca é benéfica para os insetos. Árvores saudáveis podem se defender do ataque de besouros por meio da formação de uma resina. Mas as plantas enfraquecidas pela seca não têm mais condições de fazê-lo. Como conseqüência, grandes áreas acabam sendo atingidas. Ao se alojar sob a casca das árvores e furar o tronco delas, os besouros interferem na circulação de água das raízes para a copa. As árvores acabam morrendo, e o estrago é tão grande que nem a madeira pode ser aproveitada.

Outono no verão

A forte onda de calor que atingiu a Europa também deixou muitas florestas alemãs com “jeito de outono” em pleno verão. No outono europeu as folhas das árvores adquirem um belo colorido, que varia do amarelo ao vermelho, antes de secar e cair. Fenômeno semelhante aconteceu já em agosto, ainda no auge da estação mais quente do ano. Mas, na época, biólogos já advertiam que o efeito, apesar de belo, era na verdade um sinal de emergência. Semanas seguidas de alta temperatura e sem chuva estavam causando sérios danos às florestas.

Leia mais