1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Fitness, um mercado em alta na Alemanha

Os alemães estão cada vez mais interessados em manter a forma física. Uma ótima notícia para o setor, que registra bons lucros a cada ano.

default

Ginástica e maratona: forma física dos alemães rende bons negócios

A malhação está em moda na Alemanha. De acordo com estudo realizado pela firma de auditoria Deloitte & Touche, apresentado nesta segunda-feira (10/06) em Düsseldorf, as perspectivas para o setor de fitness no país são as melhores possíveis.

Os auditores estimam que até 2005, cerca de 6,8 milhões de alemães estarão associados a alguma academia de ginástica. Até dezembro de 2001, eram 5,4 milhões, um número bastante expressivo no mercado europeu.

A Associação Alemã das Academias de Ginástica (DSSV), apresentou um faturamento de cerca de 3,2 bilhões de euros em 2001. "Levando-se em conta a expectativa de 6,8 milhões de sócios nas academias de ginástica no ano de 2005, o setor registrará um aumento anual de aproximadamente quatro bilhões de euros em seu faturamento. Para se chegar a este valor, entretanto, é preciso considerar o dinheiro investido pelos sócios nas academias, que tem aumentado continuamente desde meados da década de 90", analisou a firma Deloitte & Touche.

Uma forte tendência do mercado de fitness na Alemanha, segundo os auditores, é a proliferação de academias de uma mesma rede. As grandes empresas estão abrindo filiais em todo o país, ameaçando as pequenas academias com preços mais acessíveis e melhor infra-estrutura. Quem tem a lucrar são os usuários, que podem contar com serviços cada vez mais especializados e uma maior gama de ofertas.