1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Firmas alemãs lideram boom de cosméticos naturais

Não somente nos setores de comida e bebida, produtos naturais batem recordes de vendas. Liderado por firmas alemãs, o mercado europeu de cosméticos naturais aponta taxas de crescimento acima dos dois dígitos.

default

Cosméticos naturais conquistam o mercado

Enquanto, na Europa, supermercados de produtos orgânicos proliferam com uma imensa rapidez, a próxima tendência já se anuncia – em forma de xampus, cremes e desodorantes.

Segundo dados do grupo britânico de pesquisa com consumidores Organic Monitor, ao contrário da indústria cosmética habitual, as vendas no setor de produtos naturais apresentaram um crescimento de dois dígitos nos últimos anos. A empresa disse esperar que este ano o volume de vendas ultrapasse pela primeira vez a barreira do bilhão.

Alemanha foi precursora

A taxa de crescimento é maior na Alemanha e na França. Confirmando sua posição como precursora das tendências ecológicas, em vez dos 2% do resto da Europa, a Alemanha possui, com 4%, a maior porcentagem do mercado de cosméticos naturais.

Além da conhecida marca suíça Weleda, líder absoluto do mercado europeu, a marca Dr. Hauschka é a principal fabricante de cosméticos naturais da Alemanha. Segundo o assessor de imprensa da empresa-mãe, Wala Ltda, Antal Adam, uma das razões para o sucesso de Dr. Hauschka é o rigoroso grau de pureza dos produtos da casa.

Nenhum acordo quanto aos padrões de pureza

WALA Herstellung Rosenblüten für Rosenessenz Dr. Hauschka

Cada firma tem seu padrão de pureza

Um dos problemas do aspirante setor pode ser entendido como a falta de acordo quanto ao grau de "naturalidade" dos cosméticos. Qual porcentagem dos elementos vegetais deve ser cultivada de forma orgânica? São permitidos certos aditivos sintéticos? O problema torna-se ainda maior devido ao fato de o setor de cosméticos naturais não possuir nenhum órgão regularizador, ao contrário do setor de produtos alimentícios orgânicos.

Isto quer dizer, cada empresa tem seu próprio padrão de pureza e transfere para as costas do consumidor boa parte da responsabilidade. Segundo Adam, as plantas utilizadas na fabricação dos produtos de Dr. Hauschka não somente são cultivadas da forma mais natural possível, como também são estritamente proibidos aditivos sintéticos.

Além disso, a firma se orienta por uma filosofia não lucrativa. O modelo de negócios se baseia na idéia de que as atividades econômicas devem beneficiar todas as pessoas envolvidas no processo de produção e venda, tanto funcionários como clientes, explica Adam.

Seja bem-vindo entre os "Lohas"

Nos últimos anos, os produtos de Dr. Hauschka receberam um patrocínio espontâneo de estrelas de Hollywood como Julia Roberts, Jennifer Aniston, Kylie Minogue, através da propaganda de boca-a-boca, como também através de uma lealdade de clientela que outras empresas só podem sonhar.

Frau mit Gesichtsmaske

'Lohas' adoram cosméticos naturais

O mercado de produtos naturais para o cuidado da pele começou através de firmas-nicho, que se direcionavam a pessoas com problemas de pele ou a ecológicos convictos, que usavam sandálias e meias de lã, afirma Adam.

"Nesta época, os produtos de Dr. Hauschka, juntamente com os da concorrente Weleda, dividiam as prateleiras das lojas de produtos naturais com as batatas", acrescenta o assessor.

Estes dias, entretanto, pertencem ao passado. Hoje, o mercado está direcionado ao grupo dos chamados "Lohas" ( Lifestyle of Health and Sustainability – estilo de vida de saúde e sustentabilidade). Segundo Adam, fazem parte deste grupo pessoas abastadas e urbanas, que cultivam um estilo de vida saudável e sustentável.

Alemães conscienciosos?

Emma Moore, redatora de beleza da revista de lifestyle Wallpaper, confirma que há muita confusão em torno de produtos orgânicos e naturais. Devido ao potencial de mercado, cada vez mais empresas se direcionam para este setor.

Algumas delas, como a firma francesa Doux me, ganham o público jovem na medida em que salientam o fator natureza e dão ao seu produto, ao mesmo tempo, um design chique, comenta Moore.

Firmas alemãs podem, entretanto, usufruir vantagens através de sua boa reputação. "Pode-se imaginar que, por terem sido os precursores dos produtos naturais, os alemães levam a coisa a sério", afirma Moore. "Eu acredito que, filosoficamente, os alemães irão ainda mais longe".

Leia mais