1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Fim das sanções à Rússia depende de paz na Ucrânia, afirma Kerry

Chefe da diplomacia americana se encontra com Putin e Lavrov na Rússia. Apesar de oito horas de debates, nenhuma decisão é anunciada, apenas vontade de colaboração.

O secretário de Estado dos EUA, John Kerry, disse nesta terça-feira (12/05) que as sanções ocidentais à Rússia só serão levantadas quando os acordos de Minsk para a paz na Ucrânia forem totalmente implementados.

"Só quando forem cumpridos e aplicados plenamente os acordos é que se inicia o levantamento das sanções dos Estados Unidos e da União Europeia à Rússia", declarou Kerry, que se reuniu por oito horas com o presidente russo, Vladimir Putin, e o ministro do Exterior, Serguei Lavrov, em Sochi.

Apesar das oito horas de debates, nenhuma decisão saiu das reuniões, apenas o desejo de continuar colaborando em questões atuais, como os conflitos na Ucrânia e na Síria. Porém, ambas as partes destacaram que as conversas foram francas e construtivas. Lavrov disse que elas serviram para melhorar a compreensão mútua.

Russland Sotschi US Außenminister John Kerry mit Lawrow

Lavrov e Kerry destacaram melhor compreensão mútua após o encontro em Sochi

Nas declarações após o encontro, Kerry salientou a "necessidade de Moscou e Washington encontrarem uma posição comum sobre questões globais" e destacou a unidade dos dois países no combate ao grupo extremista Estado Islâmico.

"Apesar de a Rússia não ser membro da coligação internacional contra o grupo extremista Estado Islâmico, é um importante parceiro na luta contra o extremismo", disse Kerry.

Sobre a Síria, o secretário de Estado assegurou que não será um país pacífico até que ocorra uma mudança de poder, referindo-se à necessidade de o presidente sírio, Bashar al-Assad, renunciar ao cargo. Já Lavrov disse que a Rússia apoia o diálogo entre governo e oposição para resolver o conflito.

Lavrov disse concordar com Kerry que o cessar-fogo no leste da Ucrânia continua sendo descumprido, bem como o compromisso de retirar armamento pesado das zonas de segurança.

AS/lusa/afp/efe

Leia mais