Filme mudo ″O Artista″ é o grande vencedor do Globo de Ouro | Cultura europeia, dos clássicos da arte a novas tendências | DW | 16.01.2012
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cultura

Filme mudo "O Artista" é o grande vencedor do Globo de Ouro

"O Artista" venceu em três categorias, uma a mais que "O Descendente", estrelado por George Clooney. Globo de Ouro é visto como prévia de maior prêmio da indústria cinematográfica, o Oscar.

Jean Dujardin als George Valentin und Berenice Bejo als Peppy Miller in einer Szene des Stummfilms «The Artist» (undatierte Filmszene). Der Film kommt am 26. Januar 2012 in die deutschen Kinos. «The Artist» hat bei der nächsten Golden-Globe-Verleihung die meisten Gewinnchancen. Der Schwarz-weiß-Film wurde sechs Mal nominiert, unter anderem in der Sparte «Komödie/Musical» und für seine Darsteller Jean Dujardin und Berenice Bejo. Die Golden Globes werden am 15. Januar vergeben. Sie gelten als Vorboten für die Oscars. Foto: Delphi Filmverleih (zu dpa 1252 vom 15.12.2011 - +++(c) dpa - Bildfunk+++

O grande vencedor, 'O Artista', é promessa para Oscar

Um filme mudo e em preto e branco foi o grande vencedor do Globo de Ouro deste domingo (15/01), nos Estados Unidos. O Artista, dirigido pelo francês Michel Hazanavicius, ganhou o troféu nas categorias melhor filme de comédia e musical, melhor ator de comédia e melhor trilha sonora original.

A premiação, que acontece anualmente em Los Angeles e é organizada pela Associação da Imprensa Estrangeira em Hollywood (HFPA, na sigla em inglês) é considerada uma prévia do Oscar, tido como maior reconhecimento da indústria cinematográfica.

Golden Globe Awards Los Angeles USA 2012

Meryl Streep: melhor atriz premiada no Globo de Ouro

Entre atores e atrizes

O Descendente, de Alexander Payne, foi o segundo maior vencedor da noite, escolhido como o melhor drama do ano. O protagonista, George Clooney, foi eleito o melhor ator de drama: no filme, ele é um homem nobre que tenta se aproximar de suas duas filhas depois que sua mulher morre em um acidente de barco. Clooney e Jean Dujardin, estrela de O Artista, devem disputar a estatueta do Oscar em fevereiro.

Meryl Streep, que interpreta a ex-primeira-ministra britânica Margaret Thatcher em A Dama de Ferro, venceu na categoria melhor atriz de drama. Colecionadora de prêmios importantes, Streep levou a plateia ao riso ao revelar dificuldades na leitura do seu discurso de aceitação. O motivo: ela havia esquecido os óculos.

Na pele de Marilyn Monroe, em Sete Dias com Marilyn, a atriz Michelle Williams foi escolhida melhor atriz de comédia ou musical. Até então, Williams teve participações pequenas em roteiros de Hollywood, até ganhar um papel regular no popular seriado norte-americano Dawnsons Creek.

Os diretores

O veterano Martin Scorsese ganhou seu terceiro Globo de Ouro pelo filme A Invenção de Hugo Cabret. O roteiro se passa na década de 1930 em Paris: o órfão Hugo vive numa estação de trem e é centro de um mistério que envolve seu passado e a criação de um robô.

Meia Noite em Paris rendeu a Woody Allen o prêmio de melhor roteiro. Com a participação da primeira-dama francesa, Carla Bruni, a comédia romântica mostra como uma família numa viagem de negócios descobre a capital da França.

Entre os ganhadores da 69º edição do Globo de Ouro, o diretor Steven Spielberg foi reconhecido pela animação de As Aventuras de Tintim.

Golden Globe Awards Los Angeles USA 2012

George Clooney foi escolhido como melhor ator de drama

Demais vencedores

Na categoria melhor filme estrangeiro, o escolhido foi o iraniano Uma Separação. Os melhores no papel coadjuvante foram a atriz Octavia Spencer, que atuou em Histórias Cruzadas, e Christopher Plummer, de Toda Forma de Amor. A cantora Madonna também levou um prêmio para casa, na categoria melhor canção original – a música Masterpiece faz parte da trilha sonora do filme W.E..

O Globo de Ouro também escolheu os melhores da televisão. Entre os ganhadores, estão os seriados norte-americanos Homeland e Modern Family. A inglesa Kate Winslet foi eleita a melhor atriz de minissérie feita para televisão (Mildred Piece, sem título em português).

O prêmio Cecil B. DeMille foi dado a Morgan Freeman. A homenagem especial reconhece artistas em vida que deram grande contribuição ao mundo do entretenimento.

Autora: Nádia Pontes
Revisão: Roselaine Wandscheer

Leia mais