1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cultura

Filme brasileiro se destaca em festival de documentários de Florença

O brasileiro Gustavo Vinagre participa da competição internacional com o curta "La llamada", sobre um cubano que faz o primeiro telefonema de casa aos 87 anos. Pixadores de São Paulo estrelam longa de cineasta iraniano.

Um homem de 87 anos terá um telefone instalado pela primeira vez na vida. Não se trata de ficção, nem de um relato antigo, e sim de uma história real na era dos smartphones sobre o cubano Lázaro Escarze. Contado em 19 minutos pelo cineasta brasileiro Gustavo Vinagre, o curta-metragem La Llamada é um dos 21 filmes que participam da competição internacional de um dos festivais de documentários mais antigos do mundo, o

Festival dei Popoli

(em tradução livre, Festival dos Povos), em Florença, na Itália.

Com o slogan Reality is more, a 55ª edição do festival reúne 83 documentários de diversos países e destaca a importância do gênero para documentar a realidade e o cotidiano como atos políticos.

Este ano, a mostra foca em uma das partes mais importantes na confecção de um filme: a edição. O festival presta um tributo à francesa Dominique Auvray, que editou produções de diversos cineastas, entre eles Wim Wenders, Philippe Garrel, e Claire Denis. A aclamada cineasta também oferece um workshop de edição no evento.

55. Festival dei Popoli in Italien Brasilianer Gustavo Vinagre

Gustavo Vinagre em sessão para contar como fez o filme

Para os jovens cineastas, o festival também é um momento de troca de experiência e auto-conhecimento. Gustavo Vinagre participou da mesa redonda How I Did It, onde cineastas debatem com outros diretores, curadores e público sobre o processo de criação. "É muito interessante. Conforme você vai falando do próprio filme, vai descobrindo coisas novas. É também uma oportunidade muito rica de encontrar outros diretores, algo simples de organizar e que eu nunca tinha visto em outros festivais", comenta Gustavo em entrevista à DW Brasil.

A cena de La llamada escolhida para o debate e considerada o coração do filme é a do momento da ligação. Na realidade, diretor e personagem simulam como e para quem seria o primeiro telefonema feito pelo cubano. Para Daniele Dottorini, um dos curadores da mostra, o curta não é apenas um retrato particular de um homem em sua pequena loja, mas também reflete a relação entre diretor e personagem."La llamada é um belo filme e lida com a imprevisibilidade da realidade na frente da câmera, e com a escolha do diretor de mostrar essa imprevisibilidade como parte do processo de criação”, ressalta Daniele.

Gustavo conviveu com Lázaro por cerca de dois anos, enquanto estudava Roteiro na EICTV, em Cuba. Filmou o dia a dia daquele senhor amante da revolução que trabalha em uma cooperativa vendendo frutas e verduras. La llamada participou de diversos festivais e já coleciona alguns prêmios, como o de melhor diretor, melhor fotografia e melhor filme pela crítica no Festival de Cinema de Gramado.

Veja o trailer

.

55. Festival dei Popoli in Italien Filmstill Pixadores von Amir Escandari

Cineasta iraniano fala sobre pixadores de São Paulo

São Paulo pelas lentes iranianas

Em uma sessão não competitiva da mostra está o longa

Pixadores

, do iraniano Amir Arsamis Escandari. O documentário mostra a rotina de quatro jovens de São Paulo, que veem a pixação como instrumento da revolução. Foram quatro anos de filmagem, incluindo a polêmica passagem dos pixadores pela Bienal de Berlim, em 2012, quando não se limitaram a pixar apenas os lugares permitidos.

O festival também inclui a apresentação de um

projeto

em homenagem à arquiteta modernista Lina Bo Bardi, conhecida por obras como o MASP, o Teatro Oficina e o Sesc Pompeia. De origem italiana, mas naturalizada brasileira, Lina teve um papel relevante no desenvolvimento da arquitetura moderna no Brasil. O diretor Filippo Macelloni e o arquiteto Giacomo Pirazzoli criaram uma plataforma colaborativa para transformar a história dela em documentário, e o projeto será exibido pela primeira vez no encerramento do Festival dei Popoli, nesta sexta-feira (05/12), exatamente na data do centenário de nascimento da arquiteta.

Leia mais

Links externos