1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Fifa vai analisar comportamento da seleção de Togo na Copa

O Comitê Disciplinar da Fifa analisará a conduta da seleção de Togo durante a Copa do Mundo após o fim da competição. Durante duas semanas, a equipe africana foi notícia não pelo seu futebol, mas pela confusão criada por técnico e jogadores com relação à premiação que receberiam da federação de futebol do país.

Os jogadores chegaram a ameaçar os dirigentes togoleses com uma greve, fato que seria inédito em um Mundial, caso não chegassem a um acordo quanto à premiação. Após intervenção da Fifa, o boicote à partida contra a Suíça, no dia 19 de junho, foi cancelado.

Dois dias antes da Copa começar, o técnico da seleção, o alemã Otto Pfister, chegou a pedir demissão do cargo, insatisfeito com as negociações. No entanto, na estréia do time ele já estava de volta ao comando. Togo acabou perdendo o primeiro jogo para a Coréia do Sul, por 2 a 1. Contra a Suíça, a derrota foi por 2 a 0, confirmando assim a desclassificação dos togoleses.

"A maneira como a equipe de Togo se comportou fora de campo foi muito negativa e ameaçou o ambiente positivo da competição", declarou o presidente da Fifa, Joseph Blatter.

Leia mais