1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Fifa exige exame cardíaco para a Copa de 2006

A Fifa anunciou que irá exigir que os jogadores das 32 seleções participantes da Copa de 2006 apresentem exames cardíacos. A medida visa evitar tragédias como a do camaronês Marc Vivien Foe, que morreu em campo durante a semifinal da Copa das Confederações, em 2003, vítima de um colapso. Outro exemplo é do brasileiro Serginho, que sofreu um ataque cardíaco fatal em 2004, durante um jogo do São Caetano com o São Paulo.

A Fifa considera este tipo de exame preventivo essencial. De acordo com as estatísticas, cerca de 20 mil atletas amadores e profissionais morrem a cada ano em decorrência de problemas cardíacos. "O objetivo é identificar os problemas com antecedência", disse Toni Graf-Baumann, coordenador médico da Fifa.