1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Fifa desmente Valcke e diz que ainda não definiu data da Copa de 2022

Secretário-geral da Fifa afirmou que torneio no Qatar não será em junho e julho, mas entre novembro e janeiro, inverno no Hemisfério Norte. Entidade garante, entretanto, que decisão só será tomada após Mundial do Brasil.

O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, disse nesta quarta-feira (08/01) que a Copa do Mundo de 2022, no Qatar, não será em junho e julho, meses em que o torneio de futebol é tradicionalmente realizado. A afirmação pegou de surpresa os dirigentes da entidade máxima do futebol, que se apressou em declarar que a data definitiva do Mundial no Oriente Médio ainda não foi decidida.

Em entrevista à rádio France Info, Valcke garantiu que o Mundial será jogado "entre 15 de novembro e 15 de janeiro, no mais tardar", mas não explicou se seria em novembro de 2021 e janeiro de 2022 ou novembro de 2022 e janeiro de 2023.

Ele justificou a mudança afirmando que o inverno no Qatar, com média em torno de 25 graus, é suportável para os atletas, diferente do verão local, quando as temperaturas podem alcançar os 50 graus. "Quando você joga entre 15 de novembro e o fim de dezembro, esta é a época quando as condições climáticas são as melhores, você pode jogar em temperaturas equivalentes a uma primavera quente na Europa", comparou.

Brasilien Fussball WM 2014 Gruppen-Auslosung

Jérôme Valcke durante sorteio para a Copa do Brasil

A porta-voz da Fifa Delia Fischer assegurou que a data precisa da Copa do Mundo de 2022 só será decidida depois do Mundial do Brasil. Em comunicado, ela afirmou que Jérôme Valcke estava simplesmente expressando seu ponto de vista. Segundo o texto, na entrevista de rádio, o dirigente apenas disse que o torneio no Qatar "deveria ocorrer no inverno" e que o melhor período "seria de 15 de novembro a 15 de janeiro".

Fischer explicou, ainda, que a Fifa está em contato com todas as partes envolvidas para realizar uma transferência do tradicional período de verão, mas que não há pressa para se chegar a uma decisão, já que o torneio só ocorrerá dentro de oito anos.

O vice-presidente da Fifa, Jim Boyce, se disse "chocado" com a declaração de Valcke. Ele frisou à emissora de televisão Sky Sports que a decisão compete ao comitê executivo da entidade. "A posição atual continua a ser a realização do torneio no verão", sublinhou Boyce, acrescentando que uma definição sobre a data não ocorrerá "antes do fim de 2014 e começo de 2015"

MD/afp/dpa

Leia mais