1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Festival de Campeões em solo alemão

A 7ª edição da Copa das Confederações acontece em solo alemão entre os dias 15 e 29 de junho. Oito equipes, entre elas a do Brasil, participam deste torneio futebolístico, também chamado de Festival de Campeões.

default

Jürgen Klinsmann, técnico da seleção alemã, quer ganhar jogando em casa

A Alemanha sedia a 7ª Copa das Confederações entre os dias 15 e 29 de junho. Este torneio de futebol, que ocorre a cada dois anos, reúne oito seleções campeãs continentais, entre elas o Brasil. Também conhecido como Festival de Campeões, o evento está sendo considerado uma prévia da eficiência da infra-estrutura e do que os alemães estão preparando para a Copa do Mundo 2006. Os 16 jogos serão realizados em cinco estádios, todos sedes oficiais do Mundial: Hannover, Leipzig, Colônia, Nurembergue e Frankfurt.

A preocupação e o cuidado dispensado a este evento são compreensíveis. A Alemanha recebe times de expressão mundial para esta espécie de minicopa que atrai o interesse de fãs do futebol dos cinco continentes. Criada em 1992, na Arábia Saudita, com o nome de Copa Rei Fahd, em homenagem ao monarca, o torneio promovia jogos entre as seleções campeãs de cada continente. A partir de 1997, quando a Fifa assumiu o comando, passou a se chamar Copa das Confederações, com periodicidade bianual.

A equipe da França é bicampeã neste torneio (2001 em solo francês e 2003 no Japão/Coréia). Os times do México (1999 em casa), Brasil (1997 na Arábia Saudita), Dinamarca (1995 também Arábia Saudita) e Argentina (1992) já conquistaram um título na Copa das Confederações. Este ano, participam as seguintes seleções:

  • Alemanha (país-sede)
  • Brasil (campeão da Copa do Mundo de 2002)
  • Austrália (campeã da Copa das Nações da OFC 2004)
  • Argentina (vice-campeã da Copa da América 2004, representando o continente, já que o Brasil estava classificado)
  • Tunísia (campeã da Copa das Nações Africanas 2004)
  • Grécia (campeã da Eurocopa 2004)
  • México (campeão da Copa Ouro da CONCACAF 2003)
  • Japão (campeão da Copa da Ásia 2004)

    Em grande estilo

    A cerimônia de abertura da Copa das Confederações, que ocorrerá antes da partida entre as seleções da Alemanha e Austrália, promete impressionar. Sob o lema "Clássico e Artístico", o acrobata suíço David Dimitri irá atravessar o estádio de Frankfurt a uma altura de 30 metros equilibrando-se sobre uma corda de 200 metros de extensão e 1,4 centímetro de espessura. A orquestra da Ópera de Frankfurt, com 90 músicos, interpretará obras clássicas com a presença da soprano Christine Schäfer.

    O espetáculo, que será transmitido para os quatro cantos do mundo, teve um custo de mais de 300 mil euros. Wolfgang Niersbach, vice-presidente do Comitê Organizador da Copa do Mundo, afirmou que o objetivo de tal repertório é mostrar, já na Copa das Confederações, que a proposta para o Mundial é aliar shows de bola a uma atraente programação artística e cultural.

    Expectativas

    O Festival de Campeões agita também as seleções, que querem aproveitar a oportunidade para testar jogadores e apresentar o melhor em campo. Afinal, este torneio é também a vitrine perfeita para conquistar a torcida e colocar o time entre os favoritos da Copa 2006. O técnico da seleção alemã, Jürgen Klinsmann, declarou que quer ganhar este torneio. Sua estratégia? "Vamos escalar nossa melhor equipe, embora um ou outro titular ceda seu lugar para que possamos testar jogadores mais jovens. Esta será a oportunidade para ver se estão maduros para a Copa."

    O técnico da seleção brasileira, Carlos Alberto Parreira, por sua vez, tem como meta conquistar o bicampeonato deste torneio. "Ano que vem haverá Copa do Mundo e acho muito importante que o Brasil seja representado na Copa das Confederações por uma equipe à altura da tradição de um país pentacampeão do mundo". A seleção brasileira está concentrada em Leverkusen e os treinos são realizados no estádio BayArena. Berlim, capital do país, é a sede dos treinos da seleção alemã.

    Brasil é cabeça-de-chave

    As seleções brasileira e alemã são cabeças-de-chave dos grupos A e B da Copa das Confederações. Através de um sorteio, as oito equipes ficaram assim distribuídas:

    – Grupo A: Alemanha, Austrália, Argentina e Tunísia

    – Grupo B: Brasil, Grécia, Japão, México

Leia mais