1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Ferrari obriga Rubinho a entregar a vitória a Schumacher

Rubens Barrichello foi o vencedor moral do GP da Áustria. Por decisão da Ferrari, ele deu a vitória "de presente" ao seu colega de equipe, Michael Schumacher.

default

Barrichello dá passagem a Schumacher na reta final do GP da Áustria

Michael Schumacher conseguiu fechar a lacuna da sua carreira, vencendo pela primeira vez o Grande Prêmio da Áustria, no circuito de Spielberg, neste domingo (12/05). O triunfo teve, contudo, um gosto amargo: a vitória lhe foi "presenteada" por Rubens Barrichello, nos últimos segundos da prova, por determinação da chefia da equipe. No pódio, Michael Schumacher abriu mão do banho de champanha e deu o seu troféu, simbolicamente, de presente a Rubinho – o vencedor moral do GP austríaco.

O colombiano Juan Pablo Montoya (Williams-BMW) e seu colega de equipe, Ralf Schumacher, ficaram no terceiro e quarto lugares, respectivamente. Ainda marcaram pontos: Giancarlo Fisichella (Jordan-Honda), em quinto lugar, e David Coulthard (McLaren-Mercedes), em sexto.

Sem reclamação

Barrichello liderou a prova do começo ao fim e só deixou que Schumacher o ultrapassasse na última volta e na reta final, faltando poucos metros para cruzar a linha de chegada. Com isto, ficou clara a determinação da Ferrari: o piloto principal teria de ganhar a prova. Rubinho não reclamou: "É uma decisão da equipe. Eu já sabia disto quando assinei um contrato de dois anos."

A sexta corrida da temporada de 2002 foi marcada por um grave acidente, envolvendo o piloto alemão Nick Heidfeld (Sauber-Petronas) e o japonês Takuma Sato (Jordan-Honda). O causador do acidente foi Heidfeld, que perdeu o controle sobre seu carro e abalroou a lateral da Jordan de Sato. O colombiano Juan Pablo Montoya (Williams-BMW) escapou por pouco de ser envolvido na colisão. Os dois pilotos acidentados saíram ilesos, mas tiveram de abandonar a prova.

Entre os brasileiros, Enrique Bernoldi (Arrows-Cosworth) teve de abandonar a corrida na terceira volta e Felipe Massa (Sauber-Petronas), na oitava.

Tabela de classificação

A classificação atual no Campeonato Mundial de Pilotos, após 6 provas de um total de 17, é a seguinte:

  1. Michael Schumacher: 54 pontos
  2. Juan Pablo Montoya: 27 pontos
  3. Ralf Schumacher: 23 pontos
  4. Rubens Barrichello: 12 pontos
  5. David Coulthard: 10 pontos
  6. Jenson Button: 8 pontos
  7. Nick Heidfeld: 5 pontos
  8. Kimi Räikkönen: 4 pontos
  9. Felipe Massa, Eddie Irvine: 3 pontos
  10. Mark Webber, Mika Salo, Giancarlo Fisichella: 2 pontos
  11. Heinz-Harald Frentzen: 1 ponto