1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Feiras alemãs são mercado em crescimento

Seja a Cebit em Hannover ou a IFA em Berlim, a importância das feiras alemãs é incontestável. Cerca de 66% das principais mostras do mundo acontecem no país. Um mercado milionário que volta a crescer.

default

Expo Xangai é co-organizada pela Deutsche Messe AG, de Hannover

As feiras alemãs continuam liderando o mercado mundial. Segundo o balanço de 2005 da comissão alemã de feiras Auma, as 142 mostras internacionais no país atraíram este ano 158 mil expositores, o que representa um crescimento de 2,5% em relação a 2004. Entre estes expositores, 74 mil foram alemães e 84 mil vieram do exterior.

Mais números comprovam a predominância do país no setor: este ano, as feiras alemãs registraram 9,7 milhões de visitantes e um faturamento de 2,4 bilhões de euros, praticamente o mesmo de 2004. O aumento do número de expositores surpreendeu os próprios organizadores, levando em consideração que no ano passado ele havia diminuído 0,7%.

Hannover Messe

Produto exposto na Feira Industrial de Hannover, uma referência internacional em termos de mostra

O presidente da Auma, Peter Neven, explica: "Em 2005 tivemos feiras importantes em que o número de participantes chegou a crescer mais de 5%, o que naturalmente repercutiu de forma muito positiva no balanço geral. Em compensação, algumas mostras menores tiveram menos expositores, mas isso não influiu no cômputo geral".

Mais expositores estrangeiros , menos alemães

Enquanto a presença de expositores do exterior cresce, a de empresas alemãs vinha caindo em média 5% ao ano. Na opinião de Neven, este ano a crise parece superada e a participação alemã estabilizada: "Chegamos ao fundo do poço".

Uma pesquisa da Auma entre 56 mil empresas alemãs que participam regularmente de feiras revelou que 81% consideram as mostras a plataforma mais importante para apresentar produtos e entrar em contato com o público.

Em média, cada firma gastou cerca de 141 mil euros este ano para apresentar-se em feiras no país e no exterior. Nos próximos dois anos, elas pretendem estar presentes em cinco feiras na Alemanha e em três fora do país.

Galerie Cebit 2004 Flaggen Cebit Messe in Hannover

CeBit, de Hannover, a maior do mundo

"A Alemanha oferece exposições interessantes para todos os tipos de segmentos da economia mundial. No ano passado, quase 30% dos visitantes vieram do exterior. São cerca de 2,3 milhões de pessoas de todo o mundo que vieram à Alemanha conhecer produtos de 80 mil expositores de outros países", salienta.

Incentivos do governo

Não só o mercado interno é interessante para os produtos made in Germany. O governo de Berlim incentiva a participação de empresas alemãs em feiras no exterior através de um programa especial, dotado de 36 milhões de euros.

Também as administradoras alemãs de feiras continuam expandindo no exterior. No próximo ano, elas organizarão 162 feiras em todo o mundo, o que representa um crescimento de 50% em relação a três anos atrás.

A prioridade continua sendo a China, na qual em 2006 se concentrarão 33% das promoções alemãs. Seguem-se a Rússia, com 29 feiras organizadas por alemães, os Emirados Árabes (14) e a Índia (13).

Leia mais