Feira Gamescom traz maior número de jogos de sua história | Novidades da ciência para melhorar a qualidade de vida | DW | 17.08.2011
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Ciência e Saúde

Feira Gamescom traz maior número de jogos de sua história

Evento reúne expositores do mundo do entretenimento virtual e apresenta mais de 300 jogos, além de novidades em hardwares e consoles. Destaque da feira deste ano são aplicativos para tablets e celulares.

Maior feira de jogos virtuais acontece em Colônia, na Alemanha

Maior feira de jogos virtuais acontece em Colônia, na Alemanha

Em sua 29ª edição, a feira de jogos de computador Gamescom promete trazer a maior avalanche de lançamentos da história do evento. A partir desta quarta-feira (17/08), tudo o que há novo no mundo do entretenimento digital será apresentado em Colônia e, em breve, estará nas prateleiras: são mais de 300 jogos que poderão ser baixados também em smartphones e tablets.

O setor parece estar livre de crise: em 2011, a Gamescom traz 550 expositores, um crescimento de 10% em relação ao ano passado – o que torna a Gamescom a maior feira do tipo no mundo, segundo informações dos organizadores. A participação internacional também se fortaleceu, com a presença de empresas de países como China, Irã, Coreia do Sul, Taiwan e, pela primeira vez, do Brasil, através da empresa BoaCompra, especializada na monetização e publicação de jogos online.

Atenta às mudanças de comportamento dos fãs do entretenimento digital, a feira dá destaque aos jogos desenvolvidos para além dos consoles, respeitando as tendências que ganharam espaço rapidamente no mercado: "Com a expansão crescente dos celulares inteligentes, os aplicativos de jogos se transformaram numa espécie de esporte popular", comentou Olaf Wolters, gerente administrativo da Associação Comercial de Softwares de Entretenimento Interativo da Alemanha (BIU, na sigla em alemão).

Apps

Números indicam que, no primeiro semestre deste ano, mais de 7 milhões de aplicativos de jogos foram comprados na Alemanha, 13% a mais ante o mesmo período do ano passado. Esses programas desenvolvidos para celulares e tablets são um dos destaques da feira em Colônia.

Novos apps, como o Galaxy on Fire 2, para iPhone e iPad, estão sendo apresentados na Gamescom, mas só poderão ser comprados a partir de meados de setembro. O jogo foi desenvolvido pela empresa Fishlabs, especialista de Hamburgo em jogos 3D para celulares e conhecida do público.

A fama dos aplicativos, muitos dos quais podem ser baixados gratuitamente, espalha-se rapidamente entre os usuários e o setor conta com um crescimento considerável. "Para muitos, os aplicativos propiciam a entrada no mundo do entretenimento interativo", comenta Wolters.

O gerente administrativo da BIU faz uma análise do setor tradicional e virtual. "Enquanto a venda de jogos para consoles continua representando o pilar mais importante da indústria na Alemanha, o modelo de negócio digital como downloads, aplicativos de jogos, assinaturas online e a venda de bens virtuais que fazem parte de jogos online, no entanto, está crescendo rapidamente e agora corresponde a cerca de 26% do volume de negócios global", comenta Walters.

Os tradicionais

Para fazer frente à concorrência diante dos smartphones, a Sony aproveitou a Gamescom para anunciar que vai reduzir o preço do PSP, seu novo Playstation portátil. O console custará 99 euros (cerca de 227 reais), e não dispõe de conexão sem fio. Novos jogos estão sendo lançados para rodar no equipamento, mas os desenvolvidos para as versões antigas também rodam no novo PSP.

Em março ultimo, a Nintendo usou a mesma tática de redução de preços e sentiu um aumento nas vendas do portátil 3DS. No entanto, a marca disse que não apresentará a nova geração do console Wii, o Nintendo's U, durante a Gamescom. A justificativa seria a necessidade de altíssima segurança, argumentou a Nintendo.

A feira em Colônia também mostra os últimos desenvolvimentos dos jogos 3D, com destaque para Microsoft e Sony, além da exibição de monitores e controles mais avançados. A Gamescom recebe o público até dia 21 de agosto, e deve atrair mais de 254 mil visitantes.

NP/dpa/ots
Revisão: Carlos Albuquerque

Leia mais