1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Feira do Livro de Frankfurt abre com recorde de expositores

A 58ª edição da Feira do Livro de Frankfurt tem um número recorde de 7272 expositores vindos de 113 países. Prêmios para cineasta Atom Egoyan e sociólogo Wolf Lepenies.

default

Mulher organiza a decoração de um estande

Aberta ao público especializado a partir desta quarta-feira (04/10) e aos interessados em geral a partir de sexta, a maior mostra literária do mundo prossegue até domingo. A Índia, país tema deste ano, é representada por 70 escritores e 200 editoras.

Quase 400 mil títulos estão sendo apresentados na feira, cuja área de exposições este ano cresceu 4% em relação à edição anterior. Segundo o diretor da exposição, Juergen Boos, o maior aumento foi registrado entre os expositores asiáticos. A China praticamente duplicou o tamanho de seu estande, enquanto Taiwan e a Tailândia ampliaram sua oferta em 40%.

O maior contingente de expositores é formado por alemães (mais de três mil), seguido de britânicos (803) e norte-americanos (676). Seguindo uma tendência do mercado de consumo, 30% da oferta da feira são produtos digitais.

Cerca de 2500 eventos paralelos, entre simpósios, shows e concertos, acompanham a Feira do Livro, tornando-a "um evento cultural de superlativos", disse Boos. Na segunda-feira, foi lançada no âmbito da feira uma campanha de alfabetização. Através da campanha intitulada LitCam (Literacy Campaign), a Feira pretende incentivar iniciativas alemãs e do exterior neste campo.

Prêmios – Nesta terça-feira, Boos anunciou que o diretor de cinema Atom Egoyan receberá o prêmio de encenação literária da Feira pelo seu filme Where the Truth Lies, baseado em livro do mesmo nome de Rupert Holmes. O diretor canadense receberá o prêmio no próximo dia 6 de outubro.

Já no próximo domingo, acontecerá a cerimônia de entrega do Prêmio da Paz do Comércio Livreiro Alemão, cujo contemplado deste ano é o autor e sociólogo Wolf Lepenies, que foi reitor do Instituto de Estudo Avançado de Berlim entre 1986 e 2001.

Leia mais