Feira de veículos utilitários IAA é aberta em clima de otimismo | Notícias e análises sobre a economia brasileira e mundial | DW | 24.09.2010
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Feira de veículos utilitários IAA é aberta em clima de otimismo

Setor de utilitários superou a crise e está em ascensão. Feira internacional de veículos utilitários em Hannover (IAA) expõe 272 estreias mundiais, apresentadas por 1.751 fabricantes de 43 países.

default

Caminhão da alemã MAN é apresentada em Hannover

A 63ª edição da feira de utilitários IAA, aberta em Hannover nesta quinta-feira (23/09), é marcada pelo otimismo. "Esta IAA é um claro impulso para o setor", disse o presidente da Associação da Indústria Automobilística Alemã (VDA, do alemão), Matthias Wissmann, lembrando que esta é a primeira edição, após a crise, da importante feira internacional de transporte, logística e mobilidade.

Na feira, que prossegue até o próximo dia 30, estão sendo mostradas 272 estreias mundiais, apresentadas por 1.751 fabricantes de 43 países. Recuperado da crise financeira, o setor volta a demonstrar otimismo. Segundo Wissmann, o mercado interno alemão está se recuperando desde o início do ano: "Apesar de ainda estarmos longe da situação de antes da crise, podemos dizer que o pior já passou".

No decorrer do ano, o segmento de transportes conseguiu se recuperar, e desde alguns meses também o de veículos pesados está crescendo novamente, disse, acrescendo que no Brasil, na China e na Índia os mercados de utilitários (acima de 6 toneladas) está em crescimento rasante. No Brasil, aumentou em mais de 50% o número de novos utilitários em circulação em 2010.

IAA Internationale Nutzfahrzeuge Messe Hannover 2010 Flash-Galerie

Interior da cabine de um Volvo

Na China, onde circulam quase 50% dos caminhões pesados vendidos no mundo, a demanda de janeiro a agosto aumentou em mais de 60%, enquanto na Índia o número de caminhões vendidos este ano quase dobrou em relação ao ano passado.

Fator importante no mercado de trabalho

Wissmann salientou a importância do segmento de utilitários como gerador de empregos. O segmento alemão de logística no transporte de mercadorias gera 2,6 milhões de empregos e é responsável por 7% do Produto Interno Bruto da Alemanha. Já os fabricantes de utilitários e seus fornecedores empregam 180 mil pessoas.

IAA Internationale Nutzfahrzeuge Messe Hannover 2010 Flash-Galerie

Novo Vito E-Cell da Mercedes-Benz

Apesar da crise financeira, em 2009, os gastos da indústria automobilística para pesquisa e desenvolvimento aumentaram em 4,4%, chegando a um total de 20,9 bilhões de euros no ano passado.

Segundo a ministra alemã do Trabalho, Ursula von der Leyen, este investimento na pesquisa valeu a pena, mesmo durante tempos difíceis. Ela assinalou que as montadoras alemãs apresentam diariamente dez novos pedidos de patentes, das quais a metade se ocupa com tecnologia ambiental.

Os principais temas desta edição da IAA são sistemas alternativos de tração – principalmente motores elétricos e híbridos –, uma melhor assistência ao setor de transportes e "caminhões verdes", que não causem tantos danos ao meio ambiente.

RW/ots/dpa
Revisão: Carlos Albuquerque

Leia mais