1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Feira de Hanôver confirma recuperação da economia

Balanço preliminar é positivo. Cerca de 125 mil pessoas já visitaram a exposição. Público especializado diminui. Mais de 80 empresas brasileiras marcam presença.

default

Visitantes na Feira de Hanôver

A indústria alemã faz um balanço positivo dos primeiros dias da Feira Industrial de Hanôver. "A exposição confirma os sinais de uma iminente retomada do crescimento econômico. É a prova de que saímos do fundo poço", declarou, nesta quarta-feira (17), o diretor-presidente da Deutsche Messe AG, Klaus E. Goehrmann.

Nos três primeiros dias, cerca de 125 mil pessoas visitaram a feira, número igual ao registrado no mesmo período no ano passado. Os expositores do ramo eletroeletrônico estão satisfeitos com o evento. Quanto à evolução da conjuntura, o setor manifesta um "otimismo contido", informou a Associação Central da Indústria de Eletroeletrônicos (ZVEI).

Público especializado – Segundo a ZVEI, alguns expositores, no entanto, notaram uma redução do público especializado na Feira de Hanôver, em comparação ao ano passado. A automação industrial está despertando a maior a atenção dos visitantes. É nessa área que estão sendo apresentadas as principais novidades deste ano.

Goehrmann está convicto de que a meta de 200 mil visitantes será atingida, até o próximo sábado. A maior feira industrial do mundo é considerada um termômetro, principalmente, para a situação da indústria mecânica e eletroeletrônica. Ela reúne também sete mostras internacionais especializadas, líderes de mercado nas áreas de automação industrial, microtecnologia, CeMAT, tratamento de superfícies, energia, subcontratação industrial e pesquisa e tecnologia.

Participação brasileira – Cerca de sete mil expositores de 69 países apresentam seus produtos em Hanôver. Em 2001, cerca de 260 mil pessoas visitaram a exposição. Segundo informações da Hannover Fairs, mais de 80 empresas brasileiras participam do evento, com o apoio da APEX, SEBRAE, Câmara de Comércio Brasil-Alemanha, Federação das Indústrias e Ministério das Relações Exteriores.

Segundo Wilson Takada Jr, gerente de vendas e marketing da Fupresa, a participação na Feira Industrial de Hannover é de suma importância, porque "50% de nossa produção é exportada, principalmente para a Alemanha". A Fupresa é especializada na fabricação de peças pelo processo de microfusão e participa do comércio externo desde 1985.

Leia mais

Links externos