1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Feira confirma boom do ensino informatizado

Está aumentando entre os alemães a procura de "software" educativo. A Feira de Ensino em Colônia explora o tema, trazendo as novidades na área.

default

Alemães começam cedo a usar o computador

Os CD-ROMs começam a tomar o espaço dos livros didáticos na mochila dos estudantes alemães. A maior feira de ensino da Europa, que se inicia em Colônia nesta terça-feira (19), mostra essa tendência e aposta no seu sucesso. Com 830 expositores de nove países diferentes, a mostra irá apresentar as grandes novidades na área de ensino, explorando principalmente os programas para computadores.

Para letrado nenhum colocar defeito, da programação da feira constam mais de 500 congressos, palestras e debates. Nos encontros serão abordados temas relacionados ao ensino no jardim de infância, escolas e universidades, além de cursos de formação básica e pós-graduação. Para os fãs de PCs, existe uma vasta oferta em software no ensino de primeiro e segundo graus, bem como para nas áreas de qualificação e aperfeiçoamento.

Segundo seu diretor-gerente, Bernd Aufderheide, a Feira de Ensino nunca foi tão importante como agora, considerando o desempenho deplorável da Alemanha no Estudo PISA. Dentre os 32 países considerados nesta avaliação do nível de ensino europeu, os alemães só conseguiram o 25º lugar. O evento em Colônia continuará até o sábado.

Metade dos jovens alemães quer o ensino informatizado

Cerca de 30% dos alemães interessam-se em estudar com auxílio do computador e da internet. Segundo pesquisa do Instituto Emnid, a geração mais jovem, em especial, dá preferência ao aprendizado eletrônico: este é o caso de 50% dos alemães abaixo dos 30 anos de idade. Com 33%, o nível de interesse é mais alto entre os homens do que entre as mulheres (25%).

A pesquisa, envolvendo mil entrevistados, foi encomendada pela Fundação Bertelsmann e a Associação Alemã dos Centros de Educação para Adultos (Deutscher Volkshochschul-Verband). A presidente da DVV, Rita Süssmuth vê neste resultado uma grande oportunidade para as instituições estabelecidas de aperfeiçoamento.

Alemanha bem equipada

Segundo Uwe Thomas, secretário do Estado do Ministério alemão de Ensino, as escolas alemãs estão bem equipadas no tocante a computadores e tecnologias de informação. Na sua opinião, o país está no "caminho certo" para ultrapassar a meta estipulada pelos estados europeus para a área de computação. Estava prevista a disposição de um computador para cada grupo de 15 alunos até 2004. No entanto, o ministro afirma que tal objetivo já foi alcançado. Ainda falta, porém, popularizar o uso dos computadores e notebooks como material didático.

Leia mais

Links externos