1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

FBI detém suspeito de enviar carta com veneno a Obama

Identificado como Kevin Curtis, homem de 45 anos é detido em sua residência, no estado do Mississípi, afirmam as autoridades americanas. Ele enviou cartas com rícino ao presidente e um senador.

Autoridades dos EUA detiveram nesta quarta-feira (17/04) um homem de 45 anos suspeito de enviar cartas envenenadas com rícino ao presidente Barack Obama e ao senador republicado Roger Wicker, do Mississípi. Identificado como Paul Kevin Curtis, o suspeito foi detido em sua casa em Corinth, Mississípi.

O Departamento de Justiça divulgou comunicado em que afirma acreditar que o indivíduo seja o responsável pelo envio das cartas. Elas continham uma substância granular que, após testes preliminares, foi identificada como rícino. Este pode ser letal se ingerido por via oral.

Relatos da mídia dizem que as cartas foram assinadas da mesma forma: "Eu sou KC e aprovo esta mensagem." O texto parece imitar a frase usada por candidatos políticos no final dos anúncios de campanha.

As duas cartas foram enviadas em 8 de abril a partir de Memphis, no Tennessee, e apresentavam o mesmo texto: "Ver algo errado e não expô-lo é tornar-se um aliado silencioso da sua continuação", segundo informações do FBI citadas pela emissora NBC News.

De acordo com o FBI, não há indícios de que este caso esteja relacionado com as explosões de Boston.

MAM/lusa/rtr

Leia mais