1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Fantasma francês deixa Bayern cauteloso

Defensor do título europeu, campeão mundial só perdeu para times franceses na última temporada da Liga dos Campeões. Élber lamenta ausência de Beckenbauer em Nantes. Hitzfeld exige ao menos um ponto.

Uma semana após ter comemorado a conquista do título mundial em Tóquio, o Bayern de Munique já se vê obrigado à reabilitação perante a opinião pública e seus torcedores. A derrota para o Hertha Berlim, no domingo, pôs água no chope dos bávaros, que esperam, na noite desta quarta-feira, colocar seu mundo em ordem com uma vitória sobre o Nantes, na França, pela Liga dos Campeões.

Na competição européia, o defensor do título não vive situação confortável. "Após o 1 a 1 com o Manchester United, temos de pontuar de qualquer jeito neste jogo", adverte o técnico Ottmar Hitzfeld. Qualquer resultado que não a vitória poderá deixar o Bayern numa das duas últimas posições do grupo, que tem ainda Manchester e Boavista.

O tricampeão alemão desembarcou cauteloso em Nantes. O fantasma do futebol francês parece assustar o time bávaro. Na última Liga dos Campeões, o Bayern perdeu somente duas partidas, ambas na França, para o Olympique de Lyon e o Paris St. Germain. "Não pode ser que a gente vá à França e perca", disse Hitzfeld ainda antes da viagem ao país vizinho.

Élber lamenta – Ninguém na equipe campeã do mundo esquece o abalo dos 3 a 0 tomados do Olympique. Mais do que o vexame em campo, os jogadores envergonharam-se diante do discurso do presidente do clube, Franz Beckenbauer, que acusou-os de corpo mole, velhice e falta de profissionalismo. O time reagiu de imediato às palavras do Kaiser, levando o Bayern ao tricampeonato alemão e à conquista da Liga dos Campeões. Desde então, a equipe acumula 13 jogos sem derrota na elite européia.

"Seria melhor que o Franz estivesse conosco. Assim os jogadores iriam pensar mais naquela noite em Lyon. Não há jogador que deseje outro discurso daqueles", confessa o atacante Élber. Beckenbauer desta vez não acompanha seu time, mas deu seu recado antecipamente aos jogadores: "Equipes francesas não podem jamais ser subestimadas, caso contrário, acontece o que houve em Lyon."

O vice-presidente Karl-Heinz Rummenigge mostra-se mais confiante. Para ele, não é a primeira vez nesta temporada que o Bayern precisa corrigir seu rumo. Rummenigge refere-se aos 2 a 0 sobre o Borussia Dortmund, em setembro, logo na quinta rodada do Campeonato Alemão, quando já surgiam os primeiros boatos de falta de motivação na equipe tricampeã, após a primeira seqüência de malogros.

Mais que o Bayern, o Nantes chega à partida desta quarta-feira em momento de forte pressão. Se na Liga dos Campeões classificou-se na primeira fase como líder e não fez feio na derrota por 1 a 0 para o Boavista, no Porto, o campeão francês se arrasta nesta temporada na última colocação no campeonato nacional.

Liga dos Campeões

Grupo A

  • Boavista: 3 pontos
  • Bayern de Munique e Manchester United: 1 ponto
  • Nantes: nenhum ponto

    5 de dezembro, 2ª rodada

    • Nantes x Bayern de Munique
    • Manchester United x Boavista

Links externos