1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Familiares fazem última visita aos condenados na Indonésia

Fuzilamento de nove condenados à morte, entre eles o brasileiro Rodrigo Gularte, deverá ocorrer ainda nesta terça-feira (horário de Brasília). Visita de familiares à prisão gera comoção.

A Indonésia faz nesta terça-feira (28/04) os últimos preparativos para a execução de nove pessoas condenadas por tráfico de drogas, entre elas o brasileiro Rodrigo Gularte.

Os condenados – além do brasileiro quatro nigerianos, dois australianos, uma filipina e um indonésio – encontram-se na prisão de segurança máxima da ilha de Nusakambangan, para onde costumam ser enviados os prisioneiros condenados à pena capital. O décimo condenado, um francês, conseguiu suspender a execução na Justiça.

O governo em Jacarta recusou-se a confirmar a data das execuções, mas tudo indica que elas deverão acontecer nas primeiras horas desta quarta-feira, pelo horário local, ainda terça-feira no Brasil. A imprensa australiana publicou fotografias das cruzes que serão usadas nos caixões, com a inscrição "29.04.2015". Ambulâncias carregando caixões chegaram à prisão.

Os familiares foram informados de que poderiam fazer uma última visita aos condenados nesta terça-feira, o que é mais um sinal de que as execuções deverão acontecer nas próximas horas.

Indonesien Letzter Familienbesuch für Verurteilte in indonesischem Gefängnis

Ambulâncias carregando caixões foram vistas no local

Comoção na visita de familiares

As visitas dos familiares dos dois australianos, Myuran Sukumaran, de 33 anos, e Andrew Chan, de 31, foram marcadas por tumulto e momentos de comoção. Os familiares não conseguiram controlar suas emoções ao chegar a Cilacap, a cidade que faz a ligação à ilha de Nusakambangan.

Cercados por jornalistas, membros da família de Sukumaran começaram a chorar e pedir "misericórdia" quando entraram no porto. A irmã de Sukumaran gritou o nome do irmão, acabando por desmaiar e tendo que ser transportada por familiares.

Na segunda-feira, as autoridades atenderam ao ultimo desejo de Chan, que era se casar com a sua namorada indonésia. Um pequeno grupo de familiares e amigos participou da cerimônia, realizada na prisão.

Familiares da condenada filipina também foram à prisão para uma última visita. "Estamos esperando por um milagre", disse a irmã da condenada.

A condenação de Mary Jane Veloso causou indignação em seu país. Nesta terça-feira, dezenas de pessoas, a maioria filipinos e indonésios, se reuniram em frente ao Consulado da Indonésia em Hong Kong para protestar contra a execução da filipina. A defesa de Veloso argumenta que ela foi usada como "mula" para transportar heroína sem saber.

Brasil tenta apelar

Ante a iminente execução de Gularte, o Ministério de Relações Exteriores entregou neste domingo ao encarregado de Negócios da Embaixada da Indonésia, em Brasília, uma nota diplomática em que condena a medida e pede que a execução seja suspensa.

Na nota diplomática, documento que serve para expressar a contrariedade do governo, o Itamaraty pede que as autoridades indonésias levem em consideração a questão humanitária, a situação de saúde de Gularte – que sofre de esquizofrenia –, os direitos humanos e o respeito à vida. No documento, o governo brasileiro reitera a tese de ineficácia da pena de morte no combate ao tráfico de drogas.

A defesa de Gularte também tenta adiar a execução da pena com um pedido revisão judicial do caso. É a segunda vez que o advogado do brasileiro tenta esse recurso. O primeiro foi negado pela Justiça da Indonésia.

AS/rtr/afp/dpa/ap/abr

Leia mais