1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Familiares de Schumacher reativam página do piloto na internet

Parado desde grave acidente sofrido pelo piloto em dezembro do ano passado, site volta a funcionar no mesmo dia em que, há 20 anos, o alemão conquistava o primeiro de sete títulos mundiais na Fórmula 1.

default

Screenshot do site oficial de Michael Schumacher

A família de Michael Schumacher continua confiante quanto à recuperação do ex-piloto, segundo mensagem divulgada nesta terça-feira (13/11) na página dele na internet. A mensagem coincide com o dia em que o primeiro título mundial do piloto alemão na Fórmula 1 completa 20 anos.

Parado desde dezembro do ano passado, quando o piloto sofreu um sério acidente numa estação de esqui na França, o site oficial michael-schumacher.de foi reativada para alento dos fãs.

Michael Schumacher

Schumacher carregado pelos colegas da equipe Benetton em comemoração ao primeiro título mundial, em 13 de novembro de 1994

"Diariamente ainda nos chegam mensagens de melhoras ao Michael, e a quantidade de condolências ainda nos deixam sem palavras. Só podemos agradecer por vocês estarem ao lado dele e nosso nesta luta", publicaram os familiares na página. "A força de vocês nos ajuda a continuar dando todo o apoio a ele nesta luta."

O site traz ainda um texto relembrando a importância na carreira do piloto daquele 13 de novembro de 1994, que naquela data ganhava o primeiro dos sete títulos mundiais que conquistaria mais tarde na Fórmula 1. "Naquele grande Prêmio da Austrália, Michael Schumacher se tornou o primeiro alemão a ser consagrado campeão mundial", lembra o texto.

Schumacher voltou a ser campeão no ano seguinte, 1995, também pela equipe Benetton, e conquistou outros cinco títulos seguidos, entre 2000 e 2004, pela Ferrari.

Em 2006, aos 45 anos, o piloto alemão anunciou que iria parar. Três anos mais tarde, porém, ele voltaria às pistas pela Mercedes, equipe pela qual correu entre 2010 e 2012.

Em dezembro do ano passado, Schumacher sofreu o acidente mais grave de sua vida, numa pista de esqui em Meribel, na França. Ele passou por duas cirurgias antes de ser colocado em coma induzido. Médicos do Hospital Universitário de Grenoble iniciaram lentamente o processo de retirada do coma em janeiro.

Atualmente, o heptacampeão continua em processo de recuperação do trauma craniano em sua casa na Suíça.

MSB/dpa/sid

Leia mais