1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Facebook bate recorde com oferta inicial de ações

Pela primeira vez o preço de mercado de uma empresa americana supera os 100 bilhões de dólares no início das negociações de suas ações. Facebook fatura 16 bilhões de dólares com o IPO.

O Facebook cotou suas ações ao preço máximo de 38 dólares a unidade nesta quinta-feira (18/05), véspera da oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês). Assim, a maior rede social do mundo vai faturar 16 bilhões de dólares com a venda das suas ações nesta sexta-feira, na abertura do pregão da Nasdaq, e alcançará um valor de mercado de 104 bilhões de dólares.

Essa é a primeira vez que uma empresa americana vale mais de 100 bilhões de dólares numa oferta inicial de ações. É também o terceiro maior IPO americano, atrás apenas da entrada na bolsa de valores da Visa, que rendeu 19,7 bilhões de dólares em 2008, e da General Motors, que embolsou 18,1 bilhões em 2010.

O valor de mercado do Facebook é mais do que a Hewlett-Packard e a Dell Computers valem, juntas, na bolsa de valores. O Google faturou 1,7 bilhão de dólares quando entrou na bolsa, e o valor de mercado da empresa era então de 23 bilhões de dólares.

Devido à forte procura pelos investidores, a empresa aumentou o limite de preço das ações, inicialmente cotadas entre 28 e 35 dólares, para 34 a 38 dólares e decidiu oferecer 25% a mais do que o previsto originalmente.

O CEO e fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, está vendendo 30 milhões de suas ações e vai faturar cerca de 1,1 bilhão de dólares. Com o dinheiro ele deverá pagar impostos atrasados.

Zuckerberg ainda possui ações no valor atual de 19,1 bilhões de dólares e detém 57% dos direitos de voto, podendo assim ainda determinar o futuro da empresa.

O IPO é o auge de uma história de sucesso sem precedentes. Zuckerberg criou o Facebook em 2004 com seus colegas de universidade, com a intenção de ser um anuário digital para os estudantes. Já em seu primeiro ano, a rede social atraiu cerca de um milhão de usuários e atualmente já ultrapassa os 900 milhões.

Facebook Börsengang Mark Zuckerberg

Mark Zuckerberg, fundador do Facebook, tem muitos motivos para sorrir

AKS/rtr/afp/dapd/dpa
Revisão: Alexandre Schossler

Leia mais