1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Fãs de "Guerra nas Estrelas 2" acampam no centro de Berlim

A Potsdamer Platz, praça projetada como foco arquitetônico da Berlim do futuro, foi invadida por ansiosos espectadores de "Guerra nas Estrelas 2", que estréia na meia-noite de quarta para quinta-feira (16).

default

Fã de "Guerra nas Estrelas", vestido a caráter, em frente à bilheteria do Cinemaxx de Berlim

Antes de participar da luta intergalática entre o bem e o mal, os entusiastas da série épica de George Lucas terão que lutar freneticamente por um ingresso. Sua mais valiosa arma é a paciência. Vindos de todas as regiões da Alemanha, os fãs – em grande parte vestidos a caráter – estão acampados há dois dias no centro da capital, sem se importar com eventuais pancadas de chuva da primavera.

"A gente só está procurando um patrocinador de pizza; no mais, tudo em cima", graceja um jovem instalado numa barraca em frente ao Cinemaxx do Potsdamer Platz, onde o segundo episódio de Guerra nas Estrelas - O Ataque dos Clones - será mostrado em 5 salas, em 20 sessões, no dia da estréia .

Para todas as idades

Embora a série de George Lucas se dirigisse originalmente ao espectador pubertário de 12 anos, grande parte dos fãs fantasiados já passou há muito dos 20. Um estudante secundário conseguiu convencer até a mãe a escrever um atestado, para dispensá-lo da escola durante a caravana a Berlim. "O meu pai queria muito ter vindo", diz um estudante de Administração de 22 anos, vindo do outro lado do país. "Ele ficou morrendo de inveja..."

Este apelo generalizado, independente de idade, surpreendeu o próprio cineasta e roteirista da série cult : "O filme agrada a quase todo mundo entre cinco e 90 anos, uma prova de que ele funcionou bem melhor do que o previsto", declarou George Lucas.

Críticos estão céticos

No entanto, a crítica questiona o sucesso irrestrito do segundo episódio de Guerra nas Estrelas. Afinal, a velocidade da ação – pontuada por sofisticadas animações e ousados efeitos especiais – é mais apropriada para a percepção do usuário de videogame que do espectador de cinema.

Para os fãs acampados no centro de Berlim, o que menos interessa é a reação da crítica, pois eles já estão dentro da ação, antes mesmo de o filme começar: "Aproveitamos toda oportunidade de vestir nossas fantasias", ressalta um membro do Clube de Fantasias da Guerra nas Estrelas, que participou da homenagem de aniversário a George Lucas, na semana passada, em Indianapolis.

Happening made in USA mas dublagens em alemão

A idéia do espetáculo vem dos Estados Unidos. O organizador da caravana pelos primeiros ingressos alemães de Guerra nas Estrelas 2, Philipp Wartenberg, de 22 anos, tem contato direto com a comunidade de fãs norte-americanos há vários anos. "Nos Estados Unidos é uma loucura. Mais de cem pessoas estão acampadas no Hollywood Boulevard; a maioria delas há mais de seis semanas. É um verdadeiro happening!"

Após a euforia da estréia, o segundo episódio de Guerra nas Estrelas terá que ser incorporado ao repertório performático dos fãs, que conhecem todos os roteiros de cor – geralmente na dublagem alemã. Por mais ortodoxos que sejam os fãs, raros são os que queiram ver o filme no original, "pois a legenda atrapalha". O importante é estar dentro da ação e pescar todas as novas informações sobre a saga intergalática. Não é para menos que os maiores astros misturados à multidão fantasiada do Potsdamer Platz são os locutores que fizeram a dublagem.

Links externos