1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Exportações da Alemanha registram queda em junho

Resultado era esperado por analistas após alta de maio. Maior baixa se deu na zona do euro, mas países fora da União Europeia compensaram a fraca demanda e mantiveram desempenho alemão superior a junho de 2011.

As exportações alemãs sofreram uma queda de 1,5% em junho relação ao mês anterior, causada sobretudo pelo declínio na demanda dos países da zona do Euro, devido à crise na região. Os dados foram revelados nesta quarta-feira (08/08) pelo Instituto Federal de Estatística da Alemanha (Destatis). Esse declínio já era esperado pelos analistas após a acentuada alta de 4,2% no mês de maio.

As empresas alemãs venderam ao exterior bens no valor de 94,6 bilhões de euros, o que – apesar da queda em relação a maio – significa um aumento de 7,4% em comparação com junho 2011. O resultado negativo foi mais acentuado nas exportações para os países europeus, que caíram 0,5% – na zona do euro o recuo chegou a 3%. Já as exportações para fora da Europa cresceram 19,8% em relação a junho do ano passado.

No primeiro semestre, as exportações aumentaram 4,8%, somando 550,4 bilhões de euros. A Associação de Exportadores da Alemanha (BGA) espera um crescimento de pouco mais de 4% para o ano todo.

As importações também sofreram queda de 3% em relação ao mês anterior, o dobro do que era esperado pelos analistas, somando 76,7 bilhões de euros. O que ainda representa um aumento de 1,5 % em comparação com junho de 2011.

A balança comercial teve saldo positivo de 16,2 bilhões de euros, descontadas as influências sazonais, indicou o Destatis. 

RC/rtr/lusa
Revisão: Francis França

Leia mais