1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Exportações aumentaram 7% em 2001

2001 foi um ano bom para o comércio exterior alemão. A balança comercial apresentou um superávit recorde.

default

Contêineres no porto de Hamburgo

As exportações alemãs aumentaram 7% em 2001 e a balança comercial apresentou um superávit recorde de 173 bilhões de marcos (181 bilhões de reais), segundo os primeiros cálculos divulgados pelo Departamento Federal de Estatísticas, em Wiesbaden.

Em 2000, o superávit foi de 116 bilhões de marcos. Apesar das dificuldades nos últimos meses, 2001 foi mais um ano bom para os exportadores, cujos negócios vêm crescendo continuamente. As exportações totalizaram 1,253 trilhão de marcos, as importações, 1,080 trilhão de marcos. O valor das importações aumentou apenas 3%, o que se atribui à queda dos preços do petróleo.

Previsão para 2002 - " A economia alemã estagnaria completamente, sem o impulso e o crescimento das exportações", ressaltou, em Berlim, o presidente da Federação Alemã do Comércio Exterior, Anton Börner, comentando o balanço provisório de 2001.

Quanto a 2002, Börner conta ainda com efeitos da desativação da economia mundial em todos os países e setores. "Por isso devemos ter menores taxas de crescimento no início do ano, mas esperamos uma melhora no transcurso do ano, quando a conjuntura se reativar, a começar pelos EUA", opinou.

As exportações a países fora da União Européia foram as que mais aumentaram em 2001: 11%, atingindo 563 bilhões de marcos. Destacam-se nesse grupo de parceiros comerciais a China, Rússia e os países que se prepararam para ingressar na UE, que representam um papel cada vez maior no comércio exterior da Alemanha. As mercadorias exportadas para a União Européia somaram 690 bilhões de marcos – um aumento de 5%.

Links externos